Educação

Famílias aprovam desempenho dos estudantes nas Aulas Públicas em Inglês 

“Essas aulas são ações pedagógicas que integram o programa de socialização e avaliação da língua no processo de aprendizagem do aluno. São momentos em que os estudantes podem mostrar seus aprendizados em língua inglesa para suas famílias e para a comunidade escolar”, declarou.

16/08/2022 12h37
Famílias aprovam desempenho dos estudantes nas Aulas Públicas em Inglês 

As famílias dos estudantes da Escola João Paulo I (JPI) aprovaram o desempenho deles durante as Aulas Públicas em Inglês, realizadas ao final de cada semestre do Grupo 03 ao 9º Ano. Integrante da equipe coordenadora da Educação Bilíngue nainstituição, professora Fernanda Sena explicou um pouco sobre esse momento.

“Essas aulas são ações pedagógicas que integram o programa de socialização e avaliação da língua no processo de aprendizagem do aluno. São momentos em que os estudantes podem mostrar seus aprendizados em língua inglesa para suas famílias e para a comunidade escolar”, declarou.

Entre as famílias que aprovaram o desempenho dos seus estudantes está a de Maria Flor de Oliveira, Grupo 03. “Foi muito satisfatório ver qual a metodologia, a interação [professor e estudante], como as crianças respondem… Na verdade, fiquei encantada!”, disse Ângela Carneiro, mãe da pequena.

Quem também demonstrou seus conhecimentos no idioma foi Luana Ayla Gomes, 5º Ano, que pertence ao Ensino Fundamental I, segmento em que essas aulas foram desenvolvidas de forma remota. “Foi legal, a professora fez uma brincadeira e explicou como seriam as Aulas Públicas em Inglês. Me senti alegre no momento de apresentar, pois foi um dos melhores que tivemos. Já aprendi sobre esportes, profissões, outros países, novas palavras…”, disse.

Ângela Gomes vibrou com cada participação da filha. “Foi emocionante, pois considero uma língua difícil. E eu vejo o empenho de Luana, que é muitoforte, ela gosta muito. Ela fala muito em viajar, se dedica cada dia mais ao inglês e pretende aprender outros idiomas”, contou, além de acrescentar que, no mundo moderno, falar e compreender o inglês é um diferencial inclusive no mercado de trabalho.

Estudante do 7º Ano, que compõe o Ensino Fundamental II, cujas Aulas Públicas em Inglês foram virtuais, Sophia Azevedo também participoudesse momento. “Durante as aulas [de rotina], nos preparamos para as Aulas Públicas. Foi bastante tranquilo apresentar. Foi também muito divertido, pois participamos de todo processo de criação do que iríamos mostrar”, pontuou.

Silvia Azevedo, irmã da aluna, acompanhou a apresentação. “Tenho contato com a língua inglesa. Me sinto muito feliz em saber que os estudantes estão tão confortáveis diante de outro idioma”, comemorou.

Com as turmas da Educação Infantil e do 1º Ano, cuja coordenadora da Educação Bilíngue é professora Nildimar Dantas, as Aulas Públicas em Inglês foram presenciais. Já nos demais anos do Ensino Fundamental I, que tem o bilinguismo coordenado pela pró Fernanda Sena, virtuais, com professores e estudantes de suas casas. No Ensino Fundamental II, que tem como coordenador da Educação Bilíngue o professor Renato Ventura, com as turmas em sala de aula e famílias remotas. Todos esses momentos foram realizados entre o fim de julho e o início de agosto.

Comentários

Leia também

Educação
Candidatos do Prouni têm até hoje para se inscrever na lista de espera

Candidatos do Prouni têm até hoje para se inscrever na lista de espera

Resultado da lista de espera será divulgado no dia 3 de outubro
Educação
Inscrições para bolsas de Extensão da Uefs são prorrogadas
Educação
Museu Parque do Saber recebe universitários de Cachoeira

Museu Parque do Saber recebe universitários de Cachoeira

Estudantes da Faculdade Adventista da Bahia discutiram tecnologia e ciência