Home News

Arquiteta orienta sobre importância da iluminação adequada

A influência da luz natural também é essencial, equilibrando-a com a iluminação artificial para criar um ambiente agradável durante o dia e à noite.

09/05/2024 07h20
Arquiteta orienta sobre importância da iluminação adequada

A iluminação desempenha um papel crucial na criação de uma atmosfera funcional e confortável nos espaços residenciais, especialmente nos quartos, onde o equilíbrio entre luz natural e artificial é essencial. Para discutir a importância de um projeto de iluminação adequado a arquiteta Agda Moura troxe dicas valiosas.

“O quarto a gente entende que já é um local de relaxamento. A gente já tá de um dia todo de trabalho, a gente chega em casa, então assim, quando a gente entra no nosso quarto o intuito é que realmente seja um local de relaxamento, então a iluminação tem uma grande importância para fazer com que isso aconteça”, ressalta Agda.

Agda destaca a utilização de lâmpadas de 3000K, proporcionando uma luz morna que induz ao relaxamento. Além disso, ela enfatiza a importância da iluminação indireta, que evita a incidência direta de luz nos olhos, criando uma sensação de conforto.

A influência da luz natural também é essencial, equilibrando-a com a iluminação artificial para criar um ambiente agradável durante o dia e à noite. Agda recomenda evitar a iluminação direta, optando por soluções indiretas para garantir o conforto dos ocupantes do quarto.

Sobre os principais tipos de iluminação, Agda ressalta a importância de escolher opções que proporcionem conforto e praticidade ao longo do tempo, evitando modismos que possam comprometer a experiência no ambiente.

“Sempre prefira iluminação indireta para realmente ter conforto no ambiente”, aconselha.

No que diz respeito à tonalidade da luz, Agda sugere o uso de luz neutra ou quente, como as lâmpadas de 3000K ou 4000K, para promover um ambiente relaxante. Ela também destaca a importância de adaptar a iluminação de acordo com diferentes atividades, como leitura ou maquiagem.

Para quartos pequenos, Agda sugere a utilização de iluminação indireta em elementos como gesso ou marcenaria, além da integração de tecnologias inteligentes de automação para maior comodidade.

No caso de quartos de bebê, Agda enfatiza a importância de uma iluminação suave e indireta, utilizando lâmpadas de 3000K para criar um ambiente propício ao sono e relaxamento.

Por fim, Agda destaca os erros mais comuns a serem evitados ao projetar a iluminação de um quarto, como a utilização de iluminação direta e lâmpadas brancas, que podem interferir no conforto e relaxamento dos ocupantes.

Comentários

Leia também

Home News
Construir ou reformar: Engenheiro explica qual a melhor opção

Construir ou reformar: Engenheiro explica qual a melhor opção

Ao decidir entre construir ou reformar, é fundamental considerar suas condições pessoais,...
Home News
Arquitetos discutem a ameaça da repetição e importância do projeto original na arquitetura

Arquitetos discutem a ameaça da repetição e importância do projeto original na arquitetura

A reflexão final dos arquitetos reforça a importância de projetos personalizados
Home News
Como planejar e executar um orçamento de obra sem surpresas

Como planejar e executar um orçamento de obra sem surpresas

Para discutir este tema, o quadro Home News do programa Jornal do Meio Dia (Rádio Princesa...