Política

Votação do PL da desoneração vai para junho após impasses sobre municípios

O debate entre o governo e as prefeituras é sobre as alíquotas da reoneração gradual anual, mas ainda não foi atingido um termo de acordo

23/05/2024 17h40
Votação do PL da desoneração vai para junho após impasses sobre municípios
Foto: Divulgação/Portal da Câmara dos Deputados

O senador Efraim Filho (União Brasil-PB), autor da proposta de desoneração da folha de pagamento, informou nesta quinta-feira (23) que o texto deve ser apreciado pelo Senado apenas depois do feriado de Corpus Christi, na primeira semana de junho. 

O projeto de lei (PL) n.º 1.847/2024, que trata da desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia, deve incorporar também os municípios. No entanto, até o momento o único consenso é a manutenção da alíquota de 8% para desoneração dos municípios este ano.

O debate entre o governo e as prefeituras é sobre as alíquotas da reoneração gradual anual, mas ainda não foi atingido um termo de acordo. A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) sugeriu um escalonamento que sobe para 10% em 2025, 12% em 2026 e, depois, chega a 14% em 2027.

Entretanto, o Ministério da Fazenda não aceitou os valores propostos. “Há uma premissa de que os setores da economia e os municípios devem caminhar juntos. É uma premissa do Congresso”, afirmou Efraim após uma reunião de líderes do Senado.

Além das questões com os municípios, o Executivo também espera a proposta de compensação da Fazenda para a desoneração dos setores e das cidades. O líder do governo no Senado Federal e relator do projeto, senador Jaques Wagner (PT-BA), na terça-feira (21) que esperava uma proposta de compensação até esta quinta-feira (23).  

*Com informações Metro 1

Comentários

Leia também

Política
STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

Prazo dado por Zanin foi para a efetivação de acordo entre governo e Congresso sobre...
Política
“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

Roma mencionou a falta de cumprimento das promessas feitas durante as campanhas eleitorais....
Política
CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

Governistas obstruíram e conseguiram segurar a votação na comissão. Análise deve ficar...