Economia

Volume de serviços se recupera em maio, segundo levantamento do IBGE

Alta média ficou em 0,9%, no comparativo mensal; após expansão de 3,3% em quatro meses, setor está 8,4% acima do nível pré-pandemia

12/07/2022 12h09
Volume de serviços se recupera em maio, segundo levantamento do IBGE
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

As atividades de serviços cresceram 0,9% em maio, de acordo com a Pesquisa Mensal dos Serviços divulgada nesta terça-feira (12), pelo IBGE. Em quatro meses (fevereiro a maio), setor acumula avanço de 3,3%. Em volume, os serviços se encontram 8,4% acima do nível pré-pandemia de Covid-19 (fevereiro de 2020). De acordo com o IBGE, está também 2,8% abaixo do ponto mais alto da série histórica.

Em maio, na série sem ajuste sazonal (frente a maio de 2021), o volume de serviços teve sua 15ª taxa positiva consecutiva (9,2%). O acumulado no ano chegou a 9,4%, enquanto no intervalo de 12 meses, a alta atinge 11,7%, com perda de ritmo pelo segundo mês consecutivo. Em março, o aumento no mesmo comparativo estava em 13,6%.

Na passagem de abril para maio deste ano, todas as cinco atividades pesquisadas recuperaram parte da retração de 2,5% verificada no mês anterior. O grupo informação e comunicação (0,9%), setor que emplacou o terceiro resultado positivo consecutivo, com ganho acumulado de 3,4%. Destaque também para outros serviços e serviços prestados às famílias, com avanços mensais de 3,1% e 1,9%.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Economia
Empréstimo consignado do Auxílio Brasil deve começar em setembro

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil deve começar em setembro

Lei que permite esse tipo de crédito, com desconto direto na fonte, foi sancionada no...
Economia
Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê mínimo de R$ 1.294 em 2023

Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê mínimo de R$ 1.294 em 2023

Estimativa do crescimento real do PIB é de 2,5%
Economia
Governo federal começa a pagar Auxílio Brasil de R$ 600 nesta terça-feira

Governo federal começa a pagar Auxílio Brasil de R$ 600 nesta terça-feira

Os usuários do Auxílio Gás passam a ganhar o valor equivalente a 100% do botijão