Bahia

Volume de serviços na Bahia cresce abaixo da média nacional

Nos cinco primeiros meses do ano, setor acumula alta de 12,2%, estando 0,9% acima do volume registrado um mês antes da pandemia de Covid-19

12/07/2022 12h57
Volume de serviços na Bahia cresce abaixo da média nacional
Foto: Luis Blanco/GovernoSP/Divulgação

O volume do setor de serviços na Bahia teve leve variação positiva (0,1%) em maio de 2022, frente a abril, na série com ajuste sazonal. O estado havia apresentado resultado negativo na passagem de março para abril (-0,2%). No mês pesquisado, o crescimento ficou abaixo da média nacional (0,9%). Dos 27 estados, 16 apresentaram crescimento. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), do IBGE.

Em maio, os serviços na Bahia operaram 0,9% acima do patamar de fevereiro de 2020 (+0,9%), mês imediatamente anterior ao ínicio da pandemia de Covid-19.

Na comparação com maio de 2021, os serviços baianos cresceram 4% no volume dos serviços prestados, o 14º crescimento consecutivo (desde abril/21). A melhoria foi inferior à de abril, quando houve alta de 15,7% no comparativo internaual. Nos primeiros cinco meses de 2022, o setor de serviços na Bahia acumulou alta de 12,2%, frente ao mesmo período do ano passado.

Entre os grupos pesquisados, três das cinco atividades de atividades que compõem a PMS. Serviços prestados às famílias tiveram a maior alta (64,1%).

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Bahia
Exportações baianas crescem mais de 14% em janeiro

Exportações baianas crescem mais de 14% em janeiro

Foi o maior resultado para janeiro em toda a série histórica, iniciado em 1997
Bahia
Empresa baiana desenvolve cosméticos para movimentar o comércio local e alimentar as demandas do mercado 

Empresa baiana desenvolve cosméticos para movimentar o comércio local e alimentar as demandas do mercado 

A empresa é de Jacobina e visa ajudar os baianos com uma linha de cosméticos local, já...