Política

Vantagem de Lula sobre Bolsonaro cai para 6 pontos percentuais, aponta PoderData

No entanto, a distância entre ambos aumentou num eventual segundo turno

20/07/2022 10h36
Vantagem de Lula sobre Bolsonaro cai para 6 pontos percentuais, aponta PoderData
Foto: Divulgação

A nova rodada da pesquisa PoderData, realizada entre os dias 17 e 19 de julho, publicada nesta quarta-feira (20), aponta que a vantagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL) na corrida presidencial caiu para seis pontos percentuais. O petista aparece com 43% contra 37% do atual chefe do Executivo na simulação do primeiro turno.

Na última pesquisa realizada pelo PoderData, entre os dias 3 e 5 de julho, a diferença entre os principais candidatos era de oito pontos percentuais. Lula tinha 44% contra 36% do presidente.

Essa foi a menor diferença registrada entre Lula e Bolsonaro desde abril de 2022, quando a distância do petista para o atual presidente era de cinco pontos percentuais (41% a 36%).

Ainda no levantamento divulgado nesta quarta, o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, segue na terceira posição, com 6% das intenções de voto. Simone Tebet (MDB) aparece em seguida, com 3%, a frente de André Janones (Avante), que tem 2%, e Pablo Marçal (Pros), com 1%. Os outros pré-candidatos não pontuaram na pesquisa.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Política
Candidato Zé Chico revela propostas para segmento esportivo

Candidato Zé Chico revela propostas para segmento esportivo

Candidato diz que quer retorno dos jogos do interior
Política
CIS Metropolitano: Candidato a deputado pretende ampliar centro industrial feirense

CIS Metropolitano: Candidato a deputado pretende ampliar centro industrial feirense

Proposta pretende fomentar a influência do município feirense no setor industrial
Política
“Otto Alencar lambia as botas do Carlismo”, dispara candidata ao Senado, Tâmara Azevedo

“Otto Alencar lambia as botas do Carlismo”, dispara candidata ao Senado, Tâmara Azevedo

A candidata ao Senado se define como a "única de esquerda".