Feira de Santana

“Vamos ter uma regulação muito forte na administração da PPP” afirma prefeito sobre Shopping Popular

Os comerciantes foram convocados para comparecerem na secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico

24/07/2022 06h22
“Vamos ter uma regulação muito forte na administração da PPP” afirma prefeito sobre Shopping Popular
Foto: Jorge Magalhães

Na última semana, após uma onda de protestos realizados pelos permissionários do Shopping Popular Cidade das Compras a Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Feira de Santana convocou os permissionários do Shopping Popular Cidade das Compras para comparecerem na sede da pasta.

Segundo o prefeito Colbert Martins o objetivo da convocação é realizar um levantamento sobre quem são as pessoas que saíram das ruas do centro e estão no empreendimento atualmente, ele afirmou também que haverá uma regulação mais forte na administração da PPP (Parceria Público Privada).

“A nossa decisão é fazer um levantamento de quem é efetivamente camelô naquela área para podermos ter um cuidado especial com os camelôs, tem alguns deles que venderam e vamos pedir que a polícia apure, porque é uma ilegalidade vender algo que não é próprio, teve alguns que alugaram e também não pode, já outros têm mesmo problemas nas transações e nós vamos ter uma regulação muito forte na administração da PPP, a parte que nos cabe é, efetivamente, a parte dos camelôs, essa questão de suspensão de pagamento de aluguel não é novidade, fizemos isso em 2020 e 2021, a questão de pagamentos de despesas do condomínio tem que ser divididas e serão dividas entre todos.”

Ainda de acordo com o prefeito o empreendimento possui todas as condições para um bom funcionamento.

“Nós estamos com todas as condições, foi feito grupo de vacinação lá, temos fotografias de pessoas na fila para vacinação e boxes fechados, fizemos propaganda na televisão, é importante dizer que tem sim finalidade de venda, tem gente ali que tem box fechado para utilizar como depósito e estão vendendo pela internet, o Feiraguay também tinha problemas de funcionamento do inicio e depois deslanchou, o que precisamos agora é ver como deslanchar as ações que começaram em 2020 e hoje não tenho dúvida que se trata do maior investimento que podemos ter em comércio popular.”

O vice-prefeito, Fernando de Fabinho, que está atuando na situação dos camelôs juntamente com o secretário Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, afirmou que a prefeitura tenta encontrar uma saída para que os boxes lacrados possam ser reabertos.

“Isso é uma realidade que a gente não pode deixar de notar, apesar de que a crise, a nível nacional, atinge todos os shoppings populares como o que temos aqui, a crise acontece por conta da pandemia, da economia, da inflação e aqui não será diferente, nós já nascemos com o shopping com uma certa crise e nós precisamos encontrar uma saída para que as pessoas consumam os produtos do shopping, o que acontece hoje é que as pessoas não estão conseguindo arcar com os custos do condomínio e por isso que a prefeitura está trabalhando para encontrar uma saída para que ele possa reabrir o box, mas ele tem um contrato que se não cumprido a concessionária tem o direito de fechar, nós não concordamos com isso e devemos trabalhar para modificar isso.”

*Com informações do repórter Sotero Filho

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Programa Alimenta Brasil Leite promove treinamento nesta terça

Programa Alimenta Brasil Leite promove treinamento nesta terça

30 mil pessoas são beneficiadas no município com doações de leite
Feira de Santana
Sinaleiras recebem botoeiras digitais com sensor de aproximação

Sinaleiras recebem botoeiras digitais com sensor de aproximação

Equipamentos já instalados em frente à Associação Cristã e à Justiça Eleitoral ...
Feira de Santana
Feira vai sediar encontro para discutir busca ativa escolar pelo Selo Unicef

Feira vai sediar encontro para discutir busca ativa escolar pelo Selo Unicef

Iniciativa pretende reduzir desigualdades e garantir direitos de crianças e adolescentes ...