Feira de Santana

UPA da Queimadinha realizou mais de 24 mil atendimentos médicos neste ano

Diariamente, são realizados em média 190 atendimentos médicos, divididos em clínica médica e pediatria.

02/06/2022 12h09
UPA da Queimadinha realizou mais de 24 mil atendimentos médicos neste ano
Foto: Silvio Tito – Arquivo

Considerada a maior Unidade de Pronto Atendimento de Feira de Santana, a UPA do bairro Queimadinha realizou 24.066 atendimentos médicos neste ano. Deste total, 5.619 apenas em maio, ultrapassando a meta mensal de 4.500 atendimentos em 24,86%.

Na avaliação da diretora geral da unidade, Jessica Reis, o mês de maio é destaque devido ao aumento da demanda por atendimentos pediátricos.

“Casos de menor complexidade impactam diretamente no tempo de espera. Orientamos a população destacando a necessidade de priorizar pacientes mais graves para atendimento”, afirma.

Diariamente, são realizados em média 190 atendimentos médicos, divididos em clínica médica e pediatria. A unidade possui 16 leitos, sendo seis para clínica médica, três pediátricos, três salas vermelhas, dois para isolamentos e dois para clínica geral mista. A média de ocupação diária varia de 90 a 95%.

A UPA da Queimadinha também realiza consultas, atendimentos com serviço social e psicólogo, procedimentos laboratoriais, ultrassom, raio-X e eletrocardiograma.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Sinaleiras recebem botoeiras digitais com sensor de aproximação

Sinaleiras recebem botoeiras digitais com sensor de aproximação

Equipamentos já instalados em frente à Associação Cristã e à Justiça Eleitoral ...
Feira de Santana
Feira vai sediar encontro para discutir busca ativa escolar pelo Selo Unicef

Feira vai sediar encontro para discutir busca ativa escolar pelo Selo Unicef

Iniciativa pretende reduzir desigualdades e garantir direitos de crianças e adolescentes ...
Feira de Santana
Endometriose acomete 15% das mulheres do Brasil

Endometriose acomete 15% das mulheres do Brasil

Intensidade da cólica menstrual é o principal indicador da doença