Educação

Uefs firma convênio com agência reguladora do governo norte-americano através de pesquisa

O investimento será direcionado para o desenvolvimento da pesquisa que pode contribuir para a legalização/consolidação da Ayahuasca para fins religiosos nos EUA e outros países.

04/05/2023 12h20
Uefs firma convênio com agência reguladora do governo norte-americano através de pesquisa
Foto: Divulgação

O projeto de pesquisa da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) intitulado ”Efeitos persistentes, agudos e subagudos da ayahuasca: uma avaliação neuropsiquiátrica transcultural” receberá um financiamento de cerca de R$ 500.000,00, através de um convênio firmado com o Federal Drug Administration (FDA), uma agência reguladora ligada ao departamento de saúde do governo dos EUA. O investimento será direcionado para o desenvolvimento da pesquisa que pode contribuir para a legalização/consolidação da Ayahuasca para fins religiosos nos EUA e outros países.

Trata-se de um projeto realizado em uma colaboração interinstitucional e internacional envolvendo a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), a Uefs, a University of California at San Francisco (UCSF), em São Francisco, Califórnia, EUA, e o FDA, sediado em Maryland, EUA.

Esta construção científica coletiva objetiva investigar efeitos positivos e adversos da ayahuasca e fatores associados, para colaborar com as autoridades para tornar possível uma regulamentação cientificamente informada sobre o uso da bebida psicodélica, que aborde adequadamente as questões de saúde pública e questões de liberdade religiosa.

Os estudos serão baseados numa avaliação psiquiátrica e psicológica em grande escala de pessoas que usam a bebida psicodélica ayahuasca em contextos religiosos formais e em retiros religiosos nas Américas do Sul, Centro e Norte, Europa, Ásia e Oceania. Serão avaliados transtornos psiquiátricos, traços de personalidade e funções cognitivas, como atenção, memória e funções executivas.  A previsão é que sejam realizadas avaliações em português, espanhol e inglês, todas no formato online.

Para o professor da Uefs, que coordena a pesquisa no Brasil, Paulo Barbosa, esta experiência é gratificante e significativa para a Instituição. ”Essa implementação abre frentes importantes para que a Uefs possa ter financiamentos do governo dos EUA, abre um caminho para outros financiamentos. Em termos acadêmicos, a neuropsicologia, a psiquiatria nos EUA é a mais desenvolvida do mundo, eles agregam muita ciência, muita tecnologia, e algo muito importante que teremos é a promoção do intercâmbio de pessoal. É uma porta que se abre com uma das melhores universidades do mundo, a University of California at San Francisco é muito bem conceituada. A Uefs tem muito a ganhar com isso, especialmente as áreas de saúde”, considerou.

Ainda de acordo com o coordenador, o financiamento americano vai possibilitar a montagem de um núcleo de pesquisa no campus da Uefs, além da compra de dispositivos tecnológicos e contratação de pessoal para realização das etapas previstas da pesquisa.

Comentários

Leia também

Educação
Finep realiza evento na Universidade Estadual de Feira de Santana para oportunizar financiamentos

Finep realiza evento na Universidade Estadual de Feira de Santana para oportunizar financiamentos

A iniciativa, alusiva aos 57 anos da Finep, tem acontecido em diversos estados com propostas...
Educação
Escolas estaduais realizam avaliação de Língua Portuguesa e Matemática com foco na melhoria da aprendizagem

Escolas estaduais realizam avaliação de Língua Portuguesa e Matemática com foco na melhoria da aprendizagem

A ação permite o acompanhamento da gestão da aprendizagem dos estudantes do 9º ano...
Educação
Fórum debate melhorias dos indicadores educacionais em escolas públicas baianas

Fórum debate melhorias dos indicadores educacionais em escolas públicas baianas

Governador esteve presente na abertura do evento que reúne dirigentes, conselheiros e...