Política

TSE proibe que eleitor leve o celular para cabine de votação

O eleitor deve entregar o disposito ao mesário antes de ir a cabine. Aquele que se recusar a entegar o aparelho estará cometendo crime eleitoral

25/08/2022 16h44
TSE proibe que eleitor leve o celular para cabine de votação
TSE – Tribunal Superior Eleitoral Urna eletrônica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu por unanimidade, nesta quinta-feira (25), que o eleitor precisará entregar o celular para o mesário antes de entrar na cabine de votação. 

A entrada com aparelhos telefônicos na cabine já é ilegal, mas agora terão medidas para coibir eleitores que queiram burlar a regra. Segundo o TSE, haverá uma mesa receptora para deixar os telefones celulares. Caso seja preciso, poderão ser usados detectores de metal também.

Uma nova resolução deve ser publicada na próxima semana para deixar explícita a medida. O eleitor que se recuse a entregar o celular estará cometendo um crime eleitoral e a Polícia Militar poderá ser chamada.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Política
Otto mantém vantagem na disputa pelo Senado; Cacá sobe e ultrapassa Raíssa, diz AtlasIntel

Otto mantém vantagem na disputa pelo Senado; Cacá sobe e ultrapassa Raíssa, diz AtlasIntel

A candidata bolsonarista recuou 2,9 pontos, saindo de 13,9% para 11% e agora se encontra...
Política
Atendente virtual Maia facilita esclarecimento de dúvidas ao eleitor

Atendente virtual Maia facilita esclarecimento de dúvidas ao eleitor

O atendente virtual pode ser acessado no site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE)...
Política
AtlasIntel: Lula lidera corrida presidencial com 66,6%; Bolsonaro tem 22,9%

AtlasIntel: Lula lidera corrida presidencial com 66,6%; Bolsonaro tem 22,9%

Em terceiro lugar, tem Ciro Gomes (PDT), com 4,4%