Política

TSE aprova federações partidárias entre Cidadania e PSDB e do PSOL com Rede

As alianças farão com que as legendas atuem como um bloco único no Congresso pelos próximos quatro anos

26/05/2022 12h45
TSE aprova federações partidárias entre Cidadania e PSDB e do PSOL com Rede
Foto: Abdias Pinheiro/SECOM/TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta-feira (26) a criação de duas novas federações, entre o PSDB e Cidadania e do PSOL com a Rede Sustentabilidade. A aprovação aconteceu por unanimidade.

As alianças farão com que as legendas atuem como um bloco único no Congresso pelos próximos quatro anos. Os recursos do fundo partidário, o tempo de televisão e o conteúdo programático serão divididos entre as siglas.

Houve um entendimento da Justiça Eleitoral de que os componentes das federações cumpriram os requisitos e apresentaram a documentação necessária.

Ricardo Lewandowski, relator do pedido de registro, defendeu a liberdade organização partidária ao proferir seu voto. “O artigo 17 da Constituição da República assegura aos partidos políticos a autonomia para definir sua estrutura interna, de maneira que as previsões estatutárias devem garantir o respeito às deliberações de seus órgãos, nas mais diferentes esferas. Tal posicionamento não colide com a aludida liberdade de organização e deve estar presente nos estatutos das federações”, disse.

Na terça-feira (24), o pedido de criação da “Brasil da Esperança”, federação entre o PT, PCdoB e PV. As informações são da CNN Brasil.

*CNN

Comentários

Leia também

Política
Tabata Amaral é nomeada para equipe de transição de Lula

Tabata Amaral é nomeada para equipe de transição de Lula

Nomeação da parlamentar para a equipe foi publicada no Diário Oficial da União de terça...
Política
Comissão aprova texto preliminar do Orçamento de 2023

Comissão aprova texto preliminar do Orçamento de 2023

Projeções de receitas e despesas totalizam R$ 5,2 trilhões
Política
PT, PV, PCdoB e PSB oficializam apoio à reeleição de Arthur Lira como presidente da Câmara

PT, PV, PCdoB e PSB oficializam apoio à reeleição de Arthur Lira como presidente da Câmara

A eleição para presidência da Casa será no início de fevereiro