Feira de Santana

Testes rápidos e vacinação marcam encerramento da campanha Julho Amarelo

Feira de Santana aderiu o compromisso de erradicar a hepatite B e C até 2030

01/08/2022 12h00
Testes rápidos e vacinação marcam encerramento da campanha Julho Amarelo
Foto: Roberta Costa

Apenas uma picadinha quase indolor, submetendo a amostra de sangue a um reagente, é capaz de detectar, ou não, a presença do vírus da hepatite. Na última quinta-feira, 28, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu ações de prevenção e diagnóstico da doença no auditório do órgão. Foram realizados mais de 31 testes rápidos, todos com resultado negativo.

A empresária Elinadja Silva e Silva, 42 anos, compareceu ao órgão para resolver questões pessoais e aproveitou para realizar o exame. “Essas ações são importantes e necessárias para todos nós”, afirma. Além dos testes rápidos, a vacinação também foi realizada. A iniciativa faz parte da campanha Julho Amarelo.

Feira de Santana aderiu o compromisso da Organização Mundial de Saúde (OMS) de erradicar a hepatite B e C até 2030. Segundo a coordenadora do centro de referência em Infecções Sexualmente Transmissíveis/HIV/AIDS, Vanessa Marinho, ações estão sendo intensificadas para atingir o objetivo.

“Estamos treinando os profissionais, destacando a importância da notificação para que ocorra o tratamento e o acompanhamento adequado dos pacientes”, afirma.

No entanto, segundo avalia a médica Sara Quezia Lopes, o preconceito ainda é um grande agravante para as pessoas não buscarem o tratamento adequado.

“Temos que entender a dimensão do problema para buscar a erradicação dessas doenças. Não é apenas na relação sexual sem camisinha que acontece a transmissão. Até mesmo frequentando a manicure, levando o próprio alicate, pode acontecer a transmissão com o pincel do esmalte, se estiver contaminado. É preciso desconstruir esse estigma de que o portador da doença é promíscuo, pois isso dificulta o diagnóstico”, destaca.

Em Feira de Santana, a vacina contra as hepatites A (somente para crianças) e B são ofertadas de forma gratuita nas unidades de saúde. No entanto, ainda não há vacina contra a hepatite C.

Testes rápidos para diagnóstico das hepatites B e C são ofertados no Centro de Saúde Especializada Dr. Leone Coelho Lêda (CSE) – o exame é descentralizado, sendo possível ser realizado nas unidades de saúde.

A hepatite é uma infecção que ataca principalmente o fígado e pode provocar consequências graves, como cirrose, câncer e morte. Aproximadamente 2 mil pacientes são acompanhados pelo Programa Municipal de Hepatites Virais – localizado no CSE. O pacientes são cadastrados e têm acesso a acompanhamento e medicamentos.

*Secom

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Dissidentes da Aspra devem formar nova associação em Feira

Dissidentes da Aspra devem formar nova associação em Feira

A assembleia vai ocorrer no auditório do Hotel Acalanto, a partir das 19h30.
Feira de Santana
Professores da rede municipal protestam contra cortes no salário

Professores da rede municipal protestam contra cortes no salário

Os professores cobram resposta da Secretária de Educação sobre a pauta de reivindicações...
Feira de Santana
Após pedido de relaxamento de prisão, familiares de jovens mortos em Jaíba cobram posição da justiça