Saúde

Infectologista dá dicas sobre cuidados com doenças respiratórias  

A incidência do inverno aumenta a probabilidade de contágio

10/07/2022 17h50
Infectologista dá dicas sobre cuidados com doenças respiratórias  

A incidência de temperaturas mais baixas levam ao aumento de doenças que atacam o sistema respiratório, como gripes, resfriados, e até mesmo Covid-19. 

Durante entrevista conduzida por Jorge Biancchi, para o programa Jornal do Meio Dia, da rádio Princesa FM (96.9), o tema foi discutido pelo infectologista, Dr. Igo Araújo.

Devido a similaridade dos sintomas, se torna difícil a diferenciação entre cada um dos vírus, contudo, a determinação exata só é fornecida a partir dos testes. Em caso de dúvida entre gripe e resfriado, é possível diferenciar apenas pela gravidade.

Enquanto a gripe acarreta febre e dores no corpo, o resfriado é menos agressivo e menos duradouro. Porém apenas uma testagem médica pode definir qual a exatidão.

“O vírus da gripe mais conhecido é o influenza, tipo A e B, que possui vacinas. E o vírus de resfriado mais comum é o rinovírus”.

Essas doenças se propagam com maior facilidade no inverno, devido ao clima seco, que deixa a mucosa do nariz mais irritada, diminuindo a proteção e facilitando a entrada de vírus para o organismo.

Para se prevenir das doenças, é indicado manter uma boa higiene, utilizar alcool em gel (e se necessário, mascaras), tomar todas as vacinas necessárias, fazer lavagem nasal recorrentemente. 

“A gripe da influenza é a única que, para alguns grupos etários, requer tratamento especifico. Fora isso, não há um tratamento especifico, é a lavagem nasal, e nebulização com soro também”, explica. Assim, o tratamento não é especifico, variando em cada caso e sendo determinado pela idade.

Também é comum que se confunda doenças virais com alergias, como é o caso da rinite ou sinusite. A principal diferença entre essas duas categorias, é que enquanto uma é causada por um vírus, a outra só ataca mediante exposição a um determinado elemento, como por exemplo, poeira.

Em caso de complicações, um médico deve ser consultado.

Comentários

Leia também

Saúde
Bruxismo tem relação com problemas emocionais, aponta especialista

Bruxismo tem relação com problemas emocionais, aponta especialista

O bruxismo é um transtorno caracterizado por apertar os dentes ou serrar a mandíbula...
Saúde
OMS decide manter nível máximo de alerta para pandemia de Covid

OMS decide manter nível máximo de alerta para pandemia de Covid

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, seguiu as recomendações do comitê de urgência...
Saúde
Violência obstétrica, como denunciar e combater 

Violência obstétrica, como denunciar e combater 

A especialista enfatizou a importância de combater a violência obstétrica, e destacou...