Política

STF ordena busca e apreensão em endereços de empresários que incentivaram golpe

Mandados serão cumpridos pela Polícia Federal

23/08/2022 10h06
STF ordena busca e apreensão em endereços de empresários que incentivaram golpe
Foto: Reprodução Redes Sociais

Uma determinação dada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou o cumprimento, pela Polícia Federal, de mandados de busca e apreensão em endereços de oito empresários que compartilharam mensagens golpistas em um grupo de uma rede social.

Os mandados estão sendo cumpridos nesta terça-feira (23) em cinco estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Ceará.  Além das buscas, Alexandre de Moraes também determinou, bloqueio das contas bancárias dos empresários; bloqueio das contas dos empresários nas redes sociais; tomada de depoimentos e quebra de sigilo bancário.

Mensagens reveladas pelo site “Metrópoles” mostram que empresários apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, passaram a defender um golpe de Estado caso o ex-presidente Lula (PT), também candidato à Presidência, vença as eleições de outubro.

Entre os alvos estão Luciano Hang, da Havan, José Isaac Peres, da rede de shopping Multiplan, Ivan Wrobel, da Construtora W3, José Koury, do Barra World Shopping, André Tissot, do Grupo Serra, Meyer Nigri, da Tecnisa, Marco Aurélio Raimundo, da Mormai, e Afrânio Barreira, do Grupo Coco Bambu.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Política
Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Presidente eleito se reuniu com conselheiro dos EUA
Política
Paulo Guedes é sondado para integrar governo de Tarcísio em São Paulo

Paulo Guedes é sondado para integrar governo de Tarcísio em São Paulo

Não houve, no entanto, um convite formal, já que Guedes ainda não sinalizou se aceitaria...