Feira de Santana

Sindicato dos Vigilantes denuncia demissões nos Centros de distribuição dos Correios em Feira 

Em Feira de Santana, atualmente, são 12 vigilantes atuando

11/04/2023 11h24
Sindicato dos Vigilantes denuncia demissões nos Centros de distribuição dos Correios em Feira 

Os trabalhadores dos Correios e vigilantes chamam atenção para a possibilidade de redução no número de profissionais que fazem a segurança dos Centros de Distribuição por conta de uma possível decisão da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) de não renovar o contrato com empresa de vigilância patrimonial.

Segundo Juracy Mendes, presidente do SindiVigilantes, a saída dos profissionais oferece riscos à segurança das mercadorias e dos funcionários.

“Estamos fazendo essa denúncia que a partir do dia 19 os Correios de quase toda Bahia irão reduzir a quantidade de vigilantes, tem lugares que não terão vigilantes, ou seja, a segurança não existirá mais nos Correios e sabemos que os Correios, hoje, não se resumem só a carga, são mais mercadorias e coisas de valor, compras da população e ficar sem segurança é muito difícil.”

Em Feira de Santana, atualmente, são 12 vigilantes atuando nos centros localizados no bairro Capuchinhos, entre as avenidas Presidente Dutra e João Durval Carneiro (AC Capuchinhos) e o imóvel localizado na BR-116 Sul, no bairro Pedra do Descanso (CDD Feira de Santana).

“Esse número já é bem reduzido, um exemplo é a agência da Getúlio Vargas que há muito tempo não tem vigilantes, então estamos buscando apoio, o sindicato dos Correios também são contra a retirada porque os funcionários alegam falta de segurança também, porque eles trabalham com muitas coisas de valor e sem os vigilantes eles irão ficar sozinhos, sem segurança sem os funcionários. Estamos com uma reunião marcada para sábado com o deputado Zé Neto pra ver o que ele pode fazer para ajudar também para rever essa situação.”

*Com informações do repórter Danillo Freitas

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Presidente da Câmara nega dívida de R$ 600 mil de cartão alimentação

Presidente da Câmara nega dívida de R$ 600 mil de cartão alimentação

A divergência sobre quem deve arcar com a dívida gerou uma disputa que agora envolve...
Feira de Santana
Hospital Clériston Andrade se Destaca no 12º Congresso Luso-Brasileiro de Terapia Intensiva

Hospital Clériston Andrade se Destaca no 12º Congresso Luso-Brasileiro de Terapia Intensiva

O evento, que teve o apoio financeiro do Governo do Estado, inicialmente previa a inscrição...
Feira de Santana
Arraiá do Comércio de Feira de Santana terá oito dias de festa

Arraiá do Comércio de Feira de Santana terá oito dias de festa

Uma das novidades desta edição é o treinamento oferecido ao pessoal da agricultura familiar,...