Feira de Santana

Sindicato dos comerciários colherá provas contra lojas que funcionarem na Sexta-feira Santa

O presidente do Sindicato dos Comerciários de Feira de Santana, Antônio Cedraz, afirmou que foi pego de surpresa com a notícia da abertura do comércio na Sexta-feira Santa (07)

06/04/2023 12h18
Sindicato dos comerciários colherá provas contra lojas que funcionarem na Sexta-feira Santa
Foto: Sotero Filho

O presidente do Sindicato dos Comerciários de Feira de Santana, Antônio Cedraz, afirmou ao De Olho na Cidade que foi pego de surpresa com a notícia da abertura do comércio na Sexta-feira Santa (07)

“Nos pegou de surpresa, eu tomei conhecimento através da imprensa quando saiu uma notificação interna do shopping com os horários de funcionamento em plena sexta-feira a partir das 14 horas, ainda bem que o pessoal nos alertou porque pra mim tudo já estava negociado, pois a convenção coletiva do comércio diz que a sexta-feira sempre foi fechada e esse ano seguiria a mesma coisa, até mesmo os supermercados já confirmaram que não irão abrir, a questão do comércio é que estamos debatendo porque eles acharam uma brecha na lei 2001 da prefeitura falando que podem abrir estabelecimentos acima de 100 funcionários, mas os supermercados já falaram que não irão abrir e nós queremos que também que o comércio e o shopping respeitem a convenção coletiva.”

Ele afirmou ainda que haverá uma equipe colhendo provas contra os estabelecimentos que funcionarem.

“Nós já reunimos a diretoria e teremos uma equipe para colher provas de que algum estabelecimento funcionou para depois entrar na justiça contra esse pessoal.” Disse.

*Com informações do repórter Sotero Filho

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Colisão entre ônibus e carreta deixa um morto em Santa Bárbara

Colisão entre ônibus e carreta deixa um morto em Santa Bárbara

O incidente envolveu um ônibus e uma carreta, resultando na morte do motorista da carreta...
Feira de Santana
Feira de Santana e Vitoria da Conquista puxam alta de casos de dengue na Bahia
Feira de Santana
Defensorias e MPF recomendam medidas de acolhimento aos venezuelanos Warao em Feira de Santana

Defensorias e MPF recomendam medidas de acolhimento aos venezuelanos Warao em Feira de Santana

Um prazo de 15 dias foi estabelecido para que a Prefeitura de Feira de Santana informe...