Feira de Santana

Sindicato do Comércio sempre buscou alternativa para o Carnaval, diz presidente

Em entrevista ao De Olho na Cidade, o presidente do Sindicato Patronal, Marco Silva, afirmou que as negociações para um acordo sobre o funcionamento do comércio foi iniciado no dia 08 de janeiro.

16/02/2023 12h02
Sindicato do Comércio sempre buscou alternativa para o Carnaval, diz presidente
Foto: Jorge Magalhaes

O comércio de Feira de Santana funcionará normalmente na segunda (20) e terça-feira (21) de Carnaval, conforme já anunciado pelo Sindicato Patronal do município. A decisão ocorreu devido aos Sindicatos Patronal e dos Comerciários não terem entrado em acordo quanto à troca da segunda-feira, dia 20, pelo dia da categoria, comemorado na terceira segunda-feira de outubro.

Em entrevista ao De Olho na Cidade, o presidente do Sindicato Patronal, Marco Silva, afirmou que as negociações para um acordo sobre o funcionamento do comércio foi iniciado no dia 08 de janeiro.

“Logo depois da virada do ano nós começamos a receber uma série de ligações de comerciários preocupados com o trabalho na segunda de carnaval, que tínhamos um costume antigo de trocar o dia do comerciário pela segunda de carnaval, porém nos últimos anos não houve a troca por conta da pandemia, então nós iniciamos esse processo de negociação no dia 08 de janeiro.” Afirmou.

O presidente do Sindicato Patronal informou também que inicialmente a proposta apresentada teve um retorno negativo por parte do Sindicato dos Comerciários.

“Inicialmente houve um retorno com uma negativa clara dizendo que não tinham nenhum interesse em fazer qualquer tipo de negociação para troca, nós voltamos a reunir a nossa diretoria e fizemos um adicional propondo a troca desse dia do comerciário, que eu costumo dizer que não é um feriado porque todas as outras coisas funcionam normalmente, então é um feriado ruim para todo mundo porque ele não consegue gozar plenamente e é ruim para o empresário que tem que abrir a loja para pagar os boletos e para ele era muito melhor ter um feriadão de sábado até a quarta-feira de Carnaval, então oferecemos o chamado day off em que cada trabalhador em comum acordo com o seu patrão iria ter mais um dia até o dia 31 de outubro onde ele iria poder fazer uma folga em um dia útil e esse pagamento do day off teria que ser feito até o dia 31 de outubro e se não fosse feito o empresário teria que pagar em dinheiro esse dia.” Informa.

O Sindicato tentou uma nova negociação no dia 08 de fevereiro e após mais uma negativa houve o anúncio oficial do funcionamento do comércio na segunda e terça de Carnaval.

“Na quarta-feira, dia 08 de fevereiro, foi o nosso prazo limite, então procuramos o sindicato dos comerciários e perguntamos qual seria a última proposta deles e nos foi negado, nós fizemos uma coletiva de imprensa e informamos que a negociação tinha sido esgotada e como o Carnaval não é feriado mostramos os nossos motivos e que sempre optamos pelo acordo que não conseguimos fechar porque o feriado do dia do comerciário era inegociável para eles, então pra mim esse assunto tinha encerrado quando a população começou a pressionar o próprio Sindicato dos Comerciários porque sabemos que foi um péssimo negócio para o comerciário, só que o empresário é um otimista e viu a oportunidade de abrir segunda e terça de Carnaval e fazer uma grande data de vendas e como não é feriado ele tem esse direito.” Disse Marco.

No último sábado (11) houve uma última reunião entre os Sindicatos, em que segundo Marco Silva, foi proposto pelos comerciários a troca do Carnaval pelo não pagamento do adicional no dia de Corpus Christi, porém não houve acordo.

“No dia 10 fui procurado pelo Sindicato dos Comerciários querendo mais uma reunião no sábado, viemos para essa reunião e pedimos a eles uma proposta oficial e viável, a proposta que nós tivemos é que eles ofereciam a troca do Carnaval pelo não pagamento do adicional no dia de Corpus Christi, eu disse que já estava muito encima e que as empresas já tinham se comprometido com os seus trabalhadores e as próprias pessoas tinham desfeito viagens.” Disse.

*Com informações do repórter Danillo Freitas

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Em carta aberta, Pablo Roberto anuncia retirada de pré-candidatura à Prefeitura de Feira de Santana

Em carta aberta, Pablo Roberto anuncia retirada de pré-candidatura à Prefeitura de Feira de Santana

Desde a última terça-feira (16), o assunto repercutiu na imprensa feirense, mas ainda...
Feira de Santana
IPAC firma parceria para restauro do painel de Lênio Braga na rodoviária de Feira

IPAC firma parceria para restauro do painel de Lênio Braga na rodoviária de Feira

Acordo foi firmado com a empresa que administra a rodoviária de Feira de Santana
Feira de Santana
Prefeitura convoca carroceiros para cadastramento

Prefeitura convoca carroceiros para cadastramento

O não comparecimento incidirá em multa e apreensão do veículo de tração animal