Política

“Sinal de que não interfiro na PF”, diz Bolsonaro sobre prisão de ex-ministro Milton Ribeiro

Em março, Bolsonaro chegou a dizer que botava “a cara no fogo” por Milton Ribeiro

22/06/2022 11h05
“Sinal de que não interfiro na PF”, diz Bolsonaro sobre prisão de ex-ministro Milton Ribeiro
Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro falou sobre a prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, que foi detido preventivamente na manhã desta quarta-feira (22). Em entrevista à rádio Itatiaia, Bolsonaro disse que pede a Deus “que não tenha problema nenhum. Mas se tem algum problema a PF está agindo, está investigando, é um sinal que não interfiro na PF, porque isso aí vai respingar em mim, obviamente”.

O presidente complementou que, se o ex-ministro for considerado culpado, “vai pagar”. “A imprensa vai dizer que está ligado a mim, etc, paciência”. Em outro momento, ele disse não compactuar “com nada disso”.

Em março, Bolsonaro chegou a dizer que botava “a cara no fogo” por Milton Ribeiro.

Segundo a Polícia Federal, a operação “Acesso Pago” tem o objetivo de investigar a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

*Metro 1

Comentários

Leia também

Política
Durante viagem ao Egito, Lula deve discutir guerra entre Israel e Hamas e assinar acordo na área de bioenergia, diz Itamaraty

Durante viagem ao Egito, Lula deve discutir guerra entre Israel e Hamas e assinar acordo na área de bioenergia, diz Itamaraty

Presidente embarcou nesta terça-feira (13) em direção ao Cairo, capital do Egito
Política
Alvo da PF, Bolsonaro só deve ser convocado para prestar depoimento no segundo semestre

Alvo da PF, Bolsonaro só deve ser convocado para prestar depoimento no segundo semestre

Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, deve depor até março
Política
Coronel alvo de operação da PF que investiga tentativa de golpe de estado é preso após desembarcar no Brasil

Coronel alvo de operação da PF que investiga tentativa de golpe de estado é preso após desembarcar no Brasil

O militar passou pela audiência de custódia e teve a sua prisão mantida