Polícia

Seis dias após morte de Genivaldo, diretores da PRF são dispensados

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira

31/05/2022 09h26
Seis dias após morte de Genivaldo, diretores da PRF são dispensados
Foto: Reprodução Redes Sociais

O Ministério da Justiça e Segurança Pública dispensou, nesta terça-feira (31), o Diretor de Inteligência e o Diretor-Executivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Allan da Mota Rebello e Jean Coelho, respectivamente. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

As dispensas acontecem seis dias após a morte de Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, ocorrida em Sergipe, após uma abordagem feita por policiais rodoviários federais na BR-101. O fato ocorreu no último dia 25, no município de Umbaúba, localizado no sul do estado.

Imagens veiculadas na internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura esfumaçada. As suspeitas são de que a fumaça era de uma bomba de gás lacrimogêneo jogada dentro da mala pelos policiais, o que teria resultado na morte de Genivaldo por asfixia. A vítima era aposentada em virtude da esquizofrenia.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Polícia
Criança coreana morre e outras 4 pessoas ficam feridas em acidente no oeste da Bahia

Criança coreana morre e outras 4 pessoas ficam feridas em acidente no oeste da Bahia

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Formosa do Rio Preto e para o Hospital...
Polícia
Bahia tem mais de 70 presos nas primeiras horas da Operação Unum Corpus

Bahia tem mais de 70 presos nas primeiras horas da Operação Unum Corpus

Mandados de prisão e de busca e apreensão são cumpridos nas cidades do interior. Entre...
Polícia
Homem é encontrado morto no CIS

Homem é encontrado morto no CIS

A suspeita é de que o crime tenha ocorrido entre a noite passada e essa madrugada.