Polícia

Seis dias após morte de Genivaldo, diretores da PRF são dispensados

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira

31/05/2022 09h26
Seis dias após morte de Genivaldo, diretores da PRF são dispensados
Foto: Reprodução Redes Sociais

O Ministério da Justiça e Segurança Pública dispensou, nesta terça-feira (31), o Diretor de Inteligência e o Diretor-Executivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Allan da Mota Rebello e Jean Coelho, respectivamente. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

As dispensas acontecem seis dias após a morte de Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, ocorrida em Sergipe, após uma abordagem feita por policiais rodoviários federais na BR-101. O fato ocorreu no último dia 25, no município de Umbaúba, localizado no sul do estado.

Imagens veiculadas na internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura esfumaçada. As suspeitas são de que a fumaça era de uma bomba de gás lacrimogêneo jogada dentro da mala pelos policiais, o que teria resultado na morte de Genivaldo por asfixia. A vítima era aposentada em virtude da esquizofrenia.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Polícia
Feira de Santana registrou dois assassinatos terça-feira (23)

Feira de Santana registrou dois assassinatos terça-feira (23)

Crimes acontecerem nos bairros Conceição e Asa Branca.
Polícia
PM apontado como suspeito de matar dono de lava-jato se apresenta em delegacia

PM apontado como suspeito de matar dono de lava-jato se apresenta em delegacia

O homem foi liberado porque não havia flagrante, de acordo com a corporação.
Polícia
Polícia Civil prende autor da morte de menina de oito anos em Pernambués

Polícia Civil prende autor da morte de menina de oito anos em Pernambués

Na casa do homem, que confessou a autoria do crime, os policiais localizaram uma boneca...