Feira de Santana

Secretários são convocados para prestarem esclarecimentos na Câmara de Feira sobre falta de funcionários em escolas

Conforme o requerimento nº 216/2022, de autoria da vereadora Eremita Mota (PSDB), os secretários Anaci Paim, de Educação, e José Marcondes de Carvalho, de Administração, devem comparecer à Câmara Municipal no dia 25 de agosto, às 10h30, para prestarem esclarecimentos sobre o motivo de as escolas estarem sem funcionários em pleno meio do ano letivo. […]

19/08/2022 13h38
Secretários são convocados para prestarem esclarecimentos na Câmara de Feira sobre falta de funcionários em escolas

Conforme o requerimento nº 216/2022, de autoria da vereadora Eremita Mota (PSDB), os secretários Anaci Paim, de Educação, e José Marcondes de Carvalho, de Administração, devem comparecer à Câmara Municipal no dia 25 de agosto, às 10h30, para prestarem esclarecimentos sobre o motivo de as escolas estarem sem funcionários em pleno meio do ano letivo. O documento deve ser encaminhado para conhecimento do prefeito Colbert Martins Filho.

Ainda de acordo com o que consta no requerimento, esse problema é recorrente em pelo menos 10 unidades educacionais do município. Diante disso, busca-se saber o motivo por trás da irregularidade das aulas, por que as escolas estão sem professores, sendo que no ano passado houve um concurso público para contratação de professores municipais, e que já teve os resultados divulgados.

Também é solicitado dos secretários esclarecimentos sobre o porquê de a merenda escolar não estar sendo distribuída nas escolas, bem como esclarecimentos concretos sobre o Centro Interprofissional de Atendimento Educacional (Interduc), o Ginásio de Esportes Péricles Valadares e os seus respectivos investimentos.

Desde março, o investimento no Interduc e no Ginásio, citados acima, foi aplicado para a correspondente inauguração, contudo o retorno das aulas já estava previsto, conforme decreto municipal, para o dia 23 de agosto de 2021, e a ausência de resposta visível sobre a contratação dos profissionais de educação permeia.

Além disso, segundo consta no requerimento, cristalizam-se dúvidas em torno da forma de execução dos atendimentos para estudantes com deficiência e da localização dos funcionários contratados, visto que o prédio se encontra desalugado. Por isso, a presença dos secretários na Casa Legislativa será importante para elucidar tais informações, bem como a respeito da quantidade de empregados terceirizados contratados ainda quando o funcionamento era realizado na rua Castro Alves, e a quantidade atual destes.

Também requer informações acerca da concernente localização dos terceirizados supramencionados, assim como qual a razão da não existência de sinalizações nos vidros do novo complexo educacional, e para que lugar se deu fim os móveis que deveriam ser utilizados para tal espaço. A indicação correspondente à quantidade de coordenadoras também faz parte do rol de questionamentos da vereadora que subscreve o requerimento para os secretários.

*Ascom CMFS

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Colégio recém-inaugurado tem módulo interditado em Feira de Santana

Colégio recém-inaugurado tem módulo interditado em Feira de Santana

A unidade de ensino foi inaugurada nesta segunda-feira(19) e teve investimentos de cerca...
Feira de Santana
Prefeito Colbert revela motivo de não comparecer à conferência para tratar sobre casos de dengue

Prefeito Colbert revela motivo de não comparecer à conferência para tratar sobre casos de dengue

O prefeito revelou que não pode comparecer ao evento no sábado pela manhã.
Feira de Santana
Três Unidades de Saúde da Família retomam atendimentos após chuvas

Três Unidades de Saúde da Família retomam atendimentos após chuvas

A comunidade afetada pela suspensão temporária de atendimentos pode buscar assistência...