Polícia

Reconhecimento Facial ajuda na captura de 12 foragidos nos festejos de São João

Ferramenta da SSP foi utilizada, pela primeira vez, nos festejos juninos de Salvador e outras 11 cidades do interior.

28/06/2022 07h21
Reconhecimento Facial ajuda na captura de 12 foragidos nos festejos de São João
Foto: Vitor Barreto

Destaque no São João 2022 e utilizado pela primeira vez nas comemorações, o Reconhecimento Facial da SSP ajudou a capturar 12 foragidos da Justiça nas cidades de Porto Seguro, Salvador, Itaberaba e Jequié, durante o esquema de segurança montado pela SSP.

O município de Porto Seguro liderou o número de localizados com oito prisões entre os dias 16 e 24 de junho. Os criminosos possuíam mandados pelas práticas de tentativa de homicídio, tráfico de drogas e associação ao tráfico, roubo e ausência de pagamento de pensão alimentícia.

Na sequência aparece Salvador com duas capturas, na quinta-feira (23) e domingo (26), após o sistema emitir alertas e impedir que dois procurados por roubo tivessem acesso ao Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador. Em Jequié e Itaberaba houve as prisões de um homicida e um procurado por furto, nos dias 18 e 24, respectivamente.

A tecnologia, que desde o lançamento em 2018 ajudou a localizar 278 criminosos, seguirá empregada entre os dias 30 de junho a 2 de julho.

“Esse foi mais um grande evento em que utilizamos o Reconhecimento Facial para reforçar as ações policiais, tendo como principal finalidade evitar a entrada de criminosos nos espaços das festas. Mais uma vez ficou evidente a eficácia da ferramenta e o quanto as equipes em campo são capacitadas para conduzir ocorrências de identificação de foragidos”, pontuou o secretário da SSP, Ricardo Mandarino.

Ocorrências

A ausência de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) também foi destaque na festa que contou com o emprego de 28 mil policiais e bombeiros. Mais de R$ 9 milhões foram investidos entre efetivo e estrutura. Nas cinco noites de festa (22 a 26 de junho) não foi registrado nenhum crime contra a vida (homicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio).

No mesmo período, foram computadas pela instituição 24 prisões em flagrante – dentre elas as capturas do líder do tráfico de Várzea da Roça e do autor de chacina em Cruz das Almas, ocorrida em abril deste ano. Cinco armas de fogo e três armas brancas apreendidas, 41 lesões corporais, 251 furtos, seis roubos e uma importunação sexual registradas.

“A Operação São João foi mais um resultado fruto do trabalho conjunto desenvolvido pela polícia Civil e Militar. E tivemos grandes prisões realizadas nesse período que, com certeza, trarão mais tranquilidade para o nosso estado”, declarou a delegada-geral da PC, Heloísa Brito.

As ações preventivas e ostensivas do esquema de segurança que também aconteceram fora dos circuitos resultaram na apreensão de um fuzil de fabricação americana, na quarta-feira (22), no bairro de São Gonçalo do Retiro, em incursões do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom).

Em uma outra diligência, no sábado (25), noventa e oito tabletes de maconha e cocaína avaliados em R$ 400 mil foram encontrados, em um imóvel, no bairro de Pituaçu, pela Rondesp Atlântico, 13ª Companhia Independente da Polícia Militar e pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

R$ 1 milhão em drogas (cocaína, maconha e haxixe) que seriam comercializados durante o período de festas juninas foram apreendidos, na última terça-feira (21), pelo Draco da Polícia Civil e unidades da PM, após informações da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

Unidades da Polícia Militar recuperaram, entre os dias 16 e 26 de junho, na Bahia, 16 veículos roubados, retiraram de circulação 18 armas de fogo, apreenderam 11 adolescentes e conduziram 167 pessoas para delegacias.

“Utilizamos todos os processos possíveis para levar segurança à população. Desde o policiamento a pé, até a utilização de aeronaves, e foi realmente um sucesso o esquema montado pela Secretaria da Segurança Pública para servir a sociedade baiana”, disse o comandante-geral da PM, coronel Paulo Coutinho.

Polícia Técnica

Peritos criminais, médicos legista e técnicos atuaram na realização de perícias de ocorrências que envolveram lesão corporal, uso de drogas e identificação criminal, em Salvador, e em municípios do interior do estado que sediaram festejos. No total foram realizadas 28 perícias relacionadas a situações que ocorreram nos eventos.

Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar atendeu 746 ocorrências de combate a incêndio, busca e salvamento, atendimento pré-hospitalar, vistorias e atividades preventivas, em mais de 50 municípios.

Comentários

Leia também

Polícia
Celas com presos são alvo de incêndio em delegacia no interior da Bahia

Celas com presos são alvo de incêndio em delegacia no interior da Bahia

Nenhuma pessoa ficou ferida e fogo já foi controlado pelo Corpo de Bombeiros
Polícia
Feira de Santana registrou quatro homicídios durante a segunda-feira (06)
Polícia
Ronda Escolar da PM garante segurança de estudantes com esquema especial

Ronda Escolar da PM garante segurança de estudantes com esquema especial

Com retorno das aulas os policiais militares já estão com o plano de ação ajustado...