Economia

Puxada pelos combustíveis, inflação tem alta de 0,41% em novembro

Indicador desacelerou em relação a outubro; inflação acumulada nos últimos 12 meses chega a 5,90%, menor taxa em 21 meses

09/12/2022 12h06
Puxada pelos combustíveis, inflação tem alta de 0,41% em novembro
Foto: Carol Garcia/GOVBA

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, teve alta de 0,41% em novembro, divulgou nesta sexta-feira (9) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
A inflação acumulada no ano chega a 5,13% e, nos últimos 12 meses, a 5,90%, abaixo dos 6,47% observados nos 12 meses imediatamente anteriores.
 
O indicador ficou 0,18 ponto percentual abaixo do que foi registrado em outubro (0,59%). Em novembro de 2021, a taxa havia sido de 0,95%
.
Os grupos Transportes e Alimentação e bebidas foram os que impactaram de forma mais expressiva o índice do mês. Juntos, os dois contribuíram com cerca de 71% do IPCA de novembro.
 
Já a maior variação veio de Vestuário, ficando acima de 1% pelo quarto mês consecutivo. O grupo Saúde e cuidados pessoais ficou próximo da estabilidade, mostrando uma desaceleração em relação a outubro (1,16%). A habitação, por sua vez, ficou acima do observado no mês anterior (0,34%).

*Metro 1

Comentários

Leia também

Economia
Governo central tem superávit primário de R$ 54 bilhões em 2022

Governo central tem superávit primário de R$ 54 bilhões em 2022

Foi a primeira vez, desde 2013, que Tesouro Nacional, Previdência e Banco Central somados...
Economia
Cerca de 40% das negociações salariais não cobriram a inflação em 2022
Economia
INSS regulamenta procedimentos que servirão como prova de vida

INSS regulamenta procedimentos que servirão como prova de vida

A partir deste ano, caberá ao órgão comprovar situação do beneficiário