Bahia

Psol discutirá relação com futuro governo de Jerônimo Rodrigues neste domingo (20) 

Kleber Rosa afirma que ainda não há posição definida

20/11/2022 06h04
Psol discutirá relação com futuro governo de Jerônimo Rodrigues neste domingo (20) 

O secretário de comunicação do Psol e candidato derrotado ao governo da Bahia, Kleber Rosa (PSOL), afirma que ainda não há posição definida sobre o partido participar do governo de Jerônimo Rodrigues.

Entretanto, o psolista ressalta que o debate sobre a transição está sendo feito e espera que o próximo governo tenha uma “sensibilidade maior” e amplie o diálogo com os movimentos sociais.

“Eu tenho defendido que qualquer posição que o partido tome precisa ser balizada por um debate programático com o novo governo. Precisamos discutir o nosso programa, apresentar ou reforçar aquilo que a gente já apresentou, e discutir cada um dos pontos que para a gente são extremamente importantes como a segurança pública, a política ambiental, o combate à fome, entre outras demandas que apresentamos. Uma série de itens que, inclusive, foram largamente discutidos durante nossa campanha e, obviamente, que a gente quer colocar na mesa para ver como o Governo vai lidar com cada uma dessas questões que para nós são fundamentais. Então, acho que só depois disso teremos condições de expressar uma posição sobre como vai ser a relação do PSOL com o novo Governo”, afirma.

Kleber Rosa frisa que o partido possui uma “posição crítica” em relação ao governo de Rui Costa. Entretanto, apesar de Jerônimo representar uma espécie de “reedição” do Governo do PT na Bahia, a expectativa é que com a mudança de liderança do processo e com a nova conjuntura política no plano nacional, através da eleição de Lula à presidência, isso possibilite um “governo mais sensível” e mais atento às demandas populares. “Nesse sentido, essa situação coloca para gente uma perspectiva de sentar e discutir com o futuro governo para saber até onde é possível avançar nessas pautas”, pontua o psolista.

*Bahia.ba
Foto: Kau Rocha

Comentários

Leia também

Bahia
Bahia realiza, em 2024, 499 doações de órgãos, representando um aumento de 24%

Bahia realiza, em 2024, 499 doações de órgãos, representando um aumento de 24%

Em junho deste ano, a Bahia realizou o primeiro primeiro transplante de pele do interior,...
Bahia
Mortes violentas têm redução de 13% no primeiro semestre na Bahia

Mortes violentas têm redução de 13% no primeiro semestre na Bahia

Os dados foram apresentados pelas Forcas da Segurança Pública, na manhã desta quarta-feira...
Bahia
Parceria entre governo da Bahia e Banco do Nordeste deve ampliar programa de microcrédito

Parceria entre governo da Bahia e Banco do Nordeste deve ampliar programa de microcrédito

O objetivo é ampliar as unidades do programa e coordenar ações conjuntas entre o BNB...