Feira de Santana

Profissionais do SAMU usam a Tribuna da Câmara e reivindicam melhorias nas condições de trabalho

A previsão é de paralisação da categoria no dia 28.

21/03/2024 12h00
Profissionais do SAMU usam a Tribuna da Câmara e reivindicam melhorias nas condições de trabalho
Foto: Robson Nascimento

Na manhã desta quinta-feira (21), profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram presentes na Câmara Municipal de Feira de Santana para reivindicar melhorias nas condições de trabalho.

Rafael Silva, Técnico Auxiliar de Regulação Médica, expressou as preocupações dos funcionários e apontou a falta de equipamentos essenciais nas ambulâncias que comprometem o atendimento aos pacientes críticos. “Hoje, somos perseguidos, humilhados e maltratados pela gestão atual”, denunciou Rafael.

Foto: Robson Nascimento

Além disso, a falta de diálogo e resolução das demandas por parte da gestão foram destacadas. “Estamos mantendo a paralisação para o dia 28. A intenção não é desassistir a população, mas a gestão não nos convocou para negociar”, afirmou Rafael.

Dart Clair, Diretora do SindSaúde, que representa os profissionais do SAMU, reforçou a necessidade de diálogo e resolução das questões levantadas pelos trabalhadores.

Foto: Robson Nascimento

“O objetivo principal é ter condições dignas de trabalho para esses profissionais para que possam atender a população de Feira de Santana com qualidade”, ressaltou.

Em contrapartida, o SAMU emitiu uma nota à imprensa assegurando que não haverá interrupção nos serviços prestados à população. Confira:

Nota à imprensa

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) informa que não haverá descontinuidade na prestação do suporte especializado oferecido à população de Feira de Santana. Além de ser uma referência no segmento com a média de 90 assistências diárias, o SAMU é um serviço essencial que não pode ser paralisado.

A prestação de atendimento feita pelo SAMU é indispensável para salvar vidas. Sendo assim, é válido ressaltar que a fala de alguns funcionários não representa o todo. Somente neste ano, mais de 6.500 ocorrências foram atendidas. Na cidade, o serviço é disponibilizado 24h, por meio do número 192.

As ambulâncias do SAMU possuem respirador (ventilador mecânico), desfibrilador, cateteres e soros. Não há falta de materiais para realização das ações do serviço. Já o abastecimento de materiais do SAMU é feito regularmente, e caso haja necessidade, é efetuado um reabastecimento extra.

Em 2023, o SAMU obteve diversos investimentos como a aquisição de cinco novas ambulâncias, descentralização das bases e realização de processo seletivo para preenchimento de 238 vagas com quadro de reserva.

Em fevereiro, o serviço instalou uma nova base no Shopping Popular para garantir uma resposta mais ágil às demandas de emergência, considerando a concentração de pessoas e atividades na região comercial. Para este ano, também está previsto a aquisição de quatro novas ambulâncias, sendo uma de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Vale destacar que a coordenação do SAMU sempre esteve à disposição para o diálogo com os profissionais.

*Com informações do repórter Robson Nascimento

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Cesta básica em Feira de Santana registra nova queda no mês de junho

Cesta básica em Feira de Santana registra nova queda no mês de junho

Desta feita, a redução foi bastante significativa, de 6,81% em relação ao mês de maio....
Feira de Santana
Serviço de Abordagem Social realizou mais de 6 mil atendimentos entre janeiro e junho

Serviço de Abordagem Social realizou mais de 6 mil atendimentos entre janeiro e junho

No último dia 5, um senhor de 57 anos foi localizado pelas equipes e retornou à família ...
Feira de Santana
Definidas comissões do Conselho da Pessoa com Deficiência

Definidas comissões do Conselho da Pessoa com Deficiência

Um dos temas abordados foi a situação dos elevadores nos ônibus das empresas Rosa e...