Educação

Professores universitários da Bahia vão cruzar os braços para exigir reajuste salarial nesta quarta-feira

Ato acontecerá no Campo Grande pela manhã

12/04/2023 06h06
Professores universitários da Bahia vão cruzar os braços para exigir reajuste salarial nesta quarta-feira
Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (12), professores das universidades estaduais baianas paralisarão as atividades acadêmicas e realizarão uma mobilização em Salvador. A Universidade do Estado da Bahia (UNEB), a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), a Universidade Estadual De Santa Cruz (UESC) e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) participarão do ato. A concentração será na Praça do Campo Grande, a partir das 9h30.

A paralisação é parte da reivindicação da categoria por reajuste salarial e abertura da mesa de negociação com o Governo do Estado. A ação busca chamar a atenção do governo e dialogar com a sociedade sobre as perdas salariais que a categoria enfrenta nos últimos oito anos, de mais da metade do salário corroído (53,33%), segundo o Departamento Intersindical de Estatística dos Estudos Socioeconômicos (Dieese)

Na avaliação das Associações Docentes, a política estadual de desvalorização do trabalho dos professores nas universidades estaduais tem prejudicado o fortalecimento do ensino superior público baiano e colocado esses profissionais em posições cada vez mais precarizadas. Outro levantamento realizado pelas Associações Docentes é a constatação de que professores da UNEB, UEFS, UESB e UESC, em início de carreira, ganham um salário abaixo da Lei Nacional do Piso do Magistério Superior. 

Em 2023, houve reajuste salarial apenas para o alto escalão do serviço público da Bahia. Até agora, os percentuais de reajustes aprovados pelo Governo do Estado foram de 48,5% para o governador, vice-governador e secretários; 16% para deputados estaduais e mais de 5,99% para procuradores e promotores. Nacionalmente, o Governo do Presidente Lula instituiu a mesa de negociação com os sindicatos do funcionalismo público federal e reajustou o salário de todo o serviço público em 9%, com acréscimo de R$ 200 no auxílio alimentação.

Comentários

Leia também

Educação
Finep realiza evento na Universidade Estadual de Feira de Santana para oportunizar financiamentos

Finep realiza evento na Universidade Estadual de Feira de Santana para oportunizar financiamentos

A iniciativa, alusiva aos 57 anos da Finep, tem acontecido em diversos estados com propostas...
Educação
Escolas estaduais realizam avaliação de Língua Portuguesa e Matemática com foco na melhoria da aprendizagem

Escolas estaduais realizam avaliação de Língua Portuguesa e Matemática com foco na melhoria da aprendizagem

A ação permite o acompanhamento da gestão da aprendizagem dos estudantes do 9º ano...
Educação
Fórum debate melhorias dos indicadores educacionais em escolas públicas baianas

Fórum debate melhorias dos indicadores educacionais em escolas públicas baianas

Governador esteve presente na abertura do evento que reúne dirigentes, conselheiros e...