Economia

Procon-RJ aciona Amazon por aumento no valor da assinatura

Após anunciar aumento de cerca 50% no valor da assinatura, a plataforma de streaming Amazon Prime Video foi notificada pelo Procon-RJ

13/05/2022 17h52
Procon-RJ aciona Amazon por aumento no valor da assinatura
Foto: Reprodução

No início de maio, a Amazon pegou os brasileiros de surpresa ao anunciar um aumento de 50% no valor da assinatura Prime, seu pacote de serviços que inclui Prime Vídeo, Prime Gaming, Amazon Music, Prime Reading e entre outros.

Agora, o órgão de proteção ao consumidor do Estado do Rio de Janeiro, o Procon, notificou a Amazon esta semana por conta dos aumentos nos preços das assinaturas do Prime Video, tanto para quem assina a modalidade mensal quanto para quem assina o plano anual.

Dentre as exigências da entidade, a Amazon deve fornecer a quantidade de assinantes ativos, incluindo os detalhes dos planos escolhidos, como os consumidores serão informados sobre o aumento nos valores e quais os custos necessários para a implementação da mudança. Além disso, a empresa deve informar também um comparativo da receita prevista para o próximo ano.

O Procon-RJ também solicitou que a Amazon explicasse se os usuários poderão cancelar o serviço após o aumento. Com relação aos assinantes anuais, o órgão também quer saber se será reembolsado o valor promocional aos meses restantes em caso de cancelamento.

Vale lembrar que em seu comunicado para a imprensa, a Amazon usou o investimento em infraestrutura e novos conteúdo como justificativa para o aumento nos valores.

*TudoCelular.com

Comentários

Leia também

Economia
Dólar é negociado abaixo de R$ 5 pela primeira vez desde junho

Dólar é negociado abaixo de R$ 5 pela primeira vez desde junho

Recuo neste quinta é atribuído aos reflexos da Superquarta, quando o FED aumentou os...
Economia
Copom mantém taxa básica Selic em 13,75% ao ano

Copom mantém taxa básica Selic em 13,75% ao ano

Decisão da primeira reunião do colegiado do BC durante o governo Lula era esperada pelo...
Economia
Balança comercial tem maior superávit para janeiro desde 2006

Balança comercial tem maior superávit para janeiro desde 2006

Safra de milho e petróleo puxaram exportações