Feira de Santana

Procon fiscaliza vendas de fogos de artifício

Prazo de validade e classificação indicativa devem constar na embalagem

15/06/2022 12h18
Procon fiscaliza vendas de fogos de artifício
Foto: Luis Troina

Com a proximidade das tradicionais festas juninas, a procura por fogos de artifício tende a aumentar e, por isso, os consumidores devem ficar atentos para garantir uma compra segura. A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) orienta que os pais devem observar a classificação indicativa na embalagem na aquisição dos explosivos para crianças.

Outra dica é que o consumidor leia atentamente o rótulo dos produtos com as instruções de uso. Nesta quarta-feira, 15, os fiscais do órgão estiveram no Parque de Exposição Dr. João Martins da Silva para fiscalizar as lojas que comercializam fogos de artifício.

“Estamos observando o rótulo dos produtos para verificar se contém a classificação indicativa o prazo de validade. Produtos vencidos apresentam grande risco. Além disso, orientamos aos comerciantes que as formas de pagamento devem estar visíveis, assim como os preços”, explica o superintendente do Procon, Maurício Carvalho.

O gestor destaca ainda que as informações na embalagem dos produtos importados devem estar traduzidas para o português. “Até o momento não foram encontradas irregularidades e a fiscalização vai seguir nos próximos dias”, afirma.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Peregrinos feirenses celebram fé em santuário de Portugal 

Peregrinos feirenses celebram fé em santuário de Portugal 

Jair Bezerra ainda falou que a empresa, especializada em turismo religioso, pode atender...
Feira de Santana
Pais reivindicam transferência de recém-nascido para hospital especializado 

Pais reivindicam transferência de recém-nascido para hospital especializado 

Ainda de acordo com Jonatha, ele já apelou para políticos e tenta através da imprensa...
Feira de Santana
Desemprego chega a 9,4% em abril, diz Ipea 

Desemprego chega a 9,4% em abril, diz Ipea 

Segundo o Ipea, na outra ponta, a população ocupada em abril chegou a 97,8 milhões de...