Política

Presidente do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana comenta cenário político local

Eritan ressaltou a necessidade de uma discussão ampla e inclusiva, envolvendo diferentes setores da sociedade

04/04/2024 08h33
Presidente do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana comenta cenário político local

Em quadro Momento Sindical do programa De Olho na Cidade (Sociedade News), Eritan Machado, presidente do sindicato dos bancários de Feira de Santana, discutiu sobre a movimentação política na cidade em ano eleitoral. Ele destacou a importância dos movimentos sociais na construção de uma pauta que atenda às necessidades de todos os cidadãos.

“Eu acho que Feira de Santana vai ter uma boa oportunidade para poder rediscutir os problemas da cidade. A nossa cidade ela cresceu muito nos últimos anos, mas ela tem problemas crônicos e que uma cidade do porte de Feira de Santana que eu acredito que não pode ter. Então eu acho que esse momento eleitoral é sempre um momento em que essas pautas elas devem ser discutidas com seriedade, elas devem ser socializadas com todas as pessoas que compõem e que constroem a cidade Feira de Santana. E aí eu acho importante que os movimentos sociais, que os sindicatos, que os movimentos de mulheres, movimento negro, essas pessoas que fazem parte de grupos de maior vulnerabilidade, que são mais excluídas da sociedade, possam ter oportunidade efetiva de opinar sobre os destinos da cidade. Então esse é um apelo que eu faço para que essas lideranças políticas da cidade levem isso com seriedade para que as pessoas escutem essas pessoas que fazem parte desses movimentos e que a gente possa construir uma sociedade boa para todos. Então eu acho que esse é o momento e esse é o apelo que eu faço para a sociedade de Feira de Santana. Vamos discutir os problemas para que nós possamos construir uma cidade boa para todos e todas feirenses.”

Eritan ressaltou a necessidade de uma discussão ampla e inclusiva, envolvendo diferentes setores da sociedade, para garantir uma representação política que atenda às demandas da população.

“Os movimentos sociais, os sindicatos, os movimentos de mulheres e o movimento negro, essas pessoas que fazem parte de grupos de maior vulnerabilidade, devem ter uma oportunidade efetiva de opinar sobre os destinos da cidade”, enfatizou.

O presidente do sindicato dos bancários de Feira de Santana fez um apelo às lideranças políticas locais, destacando a importância de ouvir e considerar as vozes desses grupos marginalizados.

“Esse é o momento e esse é o apelo que eu faço pra sociedade de Feira de Santana. Vamos discutir os problemas pra que nós possamos construir uma cidade boa pra todos e todas feirenses”, concluiu Machado.

Comentários

Leia também

Política
Pacheco diz que Senado não vai acelerar tramitação da PEC da Anistia

Pacheco diz que Senado não vai acelerar tramitação da PEC da Anistia

Proposta aprovada na Câmara isenta multas de partidos políticos
Política
STF mantém prisão de cinco investigados no caso “Abin Paralela”

STF mantém prisão de cinco investigados no caso “Abin Paralela”

Operação foi deflagrada nesta quinta-feira
Política
PEC que perdoa dívidas de partidos políticos é aprovada na Câmara

PEC que perdoa dívidas de partidos políticos é aprovada na Câmara

Segundo estimativa da ONG da Transparência Partidária, o montante total das multas pode...