Esporte

Presidente do Flu de Feira afirma que compra do clube por Talisca seria bem-vinda

Em resposta ao jogador, o presidente do clube, Zé Chico, afirmou que a compra por meio do jogador, seria bem-vinda.

04/06/2022 11h11
Presidente do Flu de Feira afirma que compra do clube por Talisca seria bem-vinda

Em entrevista ao Programa de Olho na Cidade, na tarde de sexta (03), o jogador de futebol feirense, Anderson Talisca, revelou que comprar o Fluminense de Feira é um de seus maiores sonhos, mas que considerava difícil de realizar (veja aqui). Em resposta a essa afirmação, o presidente do clube, Zé Chico, procurou a nossa equipe e afirmou que a compra por meio do jogador, seria bem-vinda.

” O Fluminense é um clube sem fins lucrativos, ele ainda é pautado nos modelos antigos, com conselho deliberativo, conselho fiscal, mas com o advento da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), eu não sei se é isso que o jogador Talisca ta se referindo à compra do clube, eu acho que está aberto para que ele ou qualquer outra pessoa que tenha interesse de fazer uma negociação com o clube. Proponha, faça ai uma proposta, que nós possamos levar essa proposta ao conselho deliberativo e ao conselho fiscal para uma resolução. Sem problema nenhum, na verdade viria de bom grado, principalmente por ser um atleta de Feira de Santana”. Disse Zé Chico.

Talisca fundou seu próprio clube, o Olímpia, que foi para a final da 2ª divisão ainda no primeiro ano de disputa. Em entrevista, Zé Chico pontuou que os R$2 milhões gastos por Talisca no Olímpia poderiam ser aplicados no Fluminense.

O presidente do clube informou ainda que um representante do jogador Talisca aqui na Bahia solicitou que dois jogadores entrassem para o clube, e assim foi feito.

“Hoje temos dois jogadores que vieram através de um representante do Talisca aqui na Bahia. Ele pediu, nós colocamos. Eu acho que isso é a porta de entrada. Vejo com bons olhos para o Fluminense. Agora, lógico que não é o presidente que resolve isso, quem resolve isso é o conselho”. Afirmou.

O presidente, entretanto, disse não entender a crítica de Talisca à administração do clube.

“Eu acho que ele não acompanha o Fluminense há algum tempo. Eu, junto com Gerinaldo Costa e o grupo, saímos em 2019, deixamos o Fluminense na primeira divisão. Pegamos o Fluminense em 2015 na segunda divisão e colocamos na primeira. Infelizmente, os anos que sucederam foram marcados por vários intervenções e mudanças de presidentes, e culminou na situação do Fluminense. Mas retornamos em 2022 e já recuperamos todo o CT e estamos fazendo um sub-20 muito bom e estamos buscando melhorar o campeonato profissional”. Disse o presidente.

Comentários

Leia também

Esporte
Bahia vence o Brusque em partida fora de casa

Bahia vence o Brusque em partida fora de casa

O resultado deixa o Bahia na terceira colocação, com 28 pontos
Esporte
Sem Enderson no BID, auxiliar comanda o Bahia contra o Brusque

Sem Enderson no BID, auxiliar comanda o Bahia contra o Brusque

O treinador não teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF
Esporte
Ana Marcela Cunha é bicampeã mundial nos 5km em Budapeste

Ana Marcela Cunha é bicampeã mundial nos 5km em Budapeste

A baiana tem ainda mais duas provas para disputar no campeonato