Bahia

Prefeitura proíbe aparelhos eletrônicos por 30 dias em escolas de Morro do Chapéu 

Proibição vale para celular, tablet e fones de ouvido e entra em vigor imediatamente

16/04/2023 07h40
Prefeitura proíbe aparelhos eletrônicos por 30 dias em escolas de Morro do Chapéu 

A Prefeitura de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, decidiu proibir durante o prazo de 30 dias, a entrada e uso de aparelhos eletrônicos como celular, tablet, pulseiras e relógios inteligentes, assim como o protetor auricular e fones de ouvido por alunos das escolas do sistema municipal de ensino. A decisão faz parte de  um conjunto de oito medidas para ampliar a segurança nas escolas municipais, entre elas o reforço do Programa Ronda Escolar e do controle de acesso às instituições. 

O pacote de iniciativas foi anunciado nesta sexta-feira (14) também proíbe, neste mesmo prazo, a entrada de estranhos à comunidade escolar sem prévia autorização do diretor, tais como visitas aleatórias, ambulantes, vendedores, entre outros.

Estão previstas ainda a capacitação e orientação das equipes de profissionais das unidades escolares quanto aos protocolos para garantia da segurança e bem-estar dos estudantes e a realização de orientações aos pais e toda comunidade escolar para combate à desinformação, informações falsas e publicações de autoria desconhecida, além da checagem da veracidade das notícias. Também haverá a ampliação da rede de videomonitoramento na rede municipal e o planejamento de estratégias de segurança em toda a comunidade escolar, além do fortalecimento da cultura da paz. 

Comentários

Leia também

Bahia
Rodovias baianas tem mais de 20 trechos com interdições por conta das fortes chuvas

Rodovias baianas tem mais de 20 trechos com interdições por conta das fortes chuvas

Veja os trechos com o tráfego interditado e parcialmente interditado
Bahia
Exportações baianas crescem mais de 14% em janeiro

Exportações baianas crescem mais de 14% em janeiro

Foi o maior resultado para janeiro em toda a série histórica, iniciado em 1997
Bahia
Empresa baiana desenvolve cosméticos para movimentar o comércio local e alimentar as demandas do mercado 

Empresa baiana desenvolve cosméticos para movimentar o comércio local e alimentar as demandas do mercado 

A empresa é de Jacobina e visa ajudar os baianos com uma linha de cosméticos local, já...