Feira de Santana

Prefeitura de Feira recebe convênio para concluir o Projeto Novo Centro

Investimento dará continuidades ás fases seguintes do projeto.

05/07/2022 16h59
Prefeitura de Feira recebe convênio para concluir o Projeto Novo Centro

A prefeitura de Feira de Santana recebeu convênio de 30 milhões de reais do Governo Federal, para a realização de obras na estrutura do município.  O prefeito Colbert Martins, foi entrevistado por Jorge Biancchi no programa De Olho da Cidade, da rádio Sociedade News FM (102.1)  onde afirmou que  os recursos serão destinados ao Projeto Novo Centro, onde será realizada a recuperação de praças e asfaltamento de ruas do centro.

“O dinheiro foi liberado ontem, estamos em contato com a Caixa Econômica para as liberações que precisam ser feitas. Até então, não está disponível para poder fazer uso desses recursos, É preciso pagar o que já devemos, e abrir os processos licitatórios”, explica o gestor.

Além dos recursos, Feira também tem notícias positivas no ramo de empregos, sendo a cidade listada com uma das maiores altas de emprego: “Feira de Santana é uma cidade que cresce, e gera muito emprego. É uma cidade forte”.

Segundo o prefeito, também será dada atenção ao “Beco da Pererê”, que está com obras atrasadas há mais de um ano. O prefeito destaca que o local não foi esquecido, mas ocorreram atrasos devido a falta de orçamento liberado pela câmara, e dificuldade de contratação de profissionais devido à pandemia.

“Muito do atraso do Projeto Centro se deve a dois anos de pandemia importantes; 2020, quando não se tinha nenhum tipo de vacina, e 2021, quando em 19 de janeiro nós recebemos a primeira dose de vacina em Feira de Santana para ser aplicada. E só conseguimos fechar a campanha em outubro. Estamos fazendo o que é necessário para concluir”, pontuou.

TRANSPORTE COLETIVO

O prefeito Colbert Martins também relatou que já foram feitos três a quatro contratos para as novas empresas de ônibus, que estão sendo aguardados pela população há mais de quatro meses. Porém as altas da gasolina e do óleo diesel dificultam a execução.

“Nós fazíamos o contrato e logo em seguida tínhamos que refazer. Agora, o preço está caindo, então você ver que tudo que já fizemos, vamos ter que refazer por conta do preço do diesel, que felizmente está caindo um pouco”.

De acordo com Colbert Martins, já está tudo pronto para que as empresas trabalhem, com atenção especial à zona rural de Feira de Santana.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Campo do Beira Riacho recebe obras de drenagem

Campo do Beira Riacho recebe obras de drenagem

Serviços vão acabar com pontos alagamentos em períodos de chuva
Feira de Santana
Empossada nova presidente do Instituto de Previdência

Empossada nova presidente do Instituto de Previdência

Midiã Leite agradeceu ao prefeito Colbert Filho pela confiança e destacou a expectativa...
Feira de Santana
Eremita responde Zé Carneiro sobre ilegalidade na contratação de empresas