Política

Prefeito de São Gonçalo dos Campos “derrete” em pesquisa eleitoral  

Isso porque pesquisa divulgada nesta quinta-feira, (4) pelo Bahia Notícias aponta números preocupantes para o atual gestor do município, Tarcísio Pedreira.

04/04/2024 17h05
Prefeito de São Gonçalo dos Campos “derrete” em pesquisa eleitoral  

O prefeito Tarcísio Pedreira, de São Gonçalo dos Campos, caiu 6 pontos percentuais e sua gestão tem a menor aprovação entre os prefeitos da Região Metropolitana de Feira de Santana.

Isso porque pesquisa divulgada nesta quinta-feira, (4) pelo Bahia Notícias aponta números preocupantes para o atual gestor do município, Tarcísio Pedreira.

Na primeira pesquisa registrada na cidade, feita pelo Instituto Séculus, Tarcísio Pedreira alcançou 45% de intenção de votos. Na pesquisa realizada hoje, o prefeito está com 39%. A seis meses da eleição, a situação do gestor é oposta à de prefeitos na região, com avaliações de intenção de voto que superam os 80%, a exemplo de Mauro Vieira (Anguera), Vítor do Posto, Renan de Ziza, João de Furão e Júnior Piaggio. Em São Gonçalo, o prefeito alcança apenas 39% dos votos, mostrando dificuldades políticas.

A situação de Tarcísio em relação à eleição de outubro gera dúvidas e muitas incertezas. Neste período, geralmente, os gestores de mandato alcançam o teto máximo de seus votos. Isso acontece porque os problemas dos municípios e a cobrança da população jogam contra as gestões em período pré-eleitoral.

Comentários

Leia também

Política
Senado aprova texto sobre “taxa das blusinhas”

Senado aprova texto sobre “taxa das blusinhas”

A medida deve impactar lojas estrangeiras como Shein, Shopee e AliExpress
Política
Fabya Reis é confirmada pré-candidata a vice na chapa de Geraldo Jr.

Fabya Reis é confirmada pré-candidata a vice na chapa de Geraldo Jr.

Anúncio aconteceu em evento no início da tarde desta quarta-feira (5)
Política
Arimateia denuncia falta de quórum na Comissão de Meio Ambiente

Arimateia denuncia falta de quórum na Comissão de Meio Ambiente

Conforme relatou, ‘os trabalhos não têm andado.’