Política

Pré-candidato, Pablo acredita em potencial de grupo político no pleito eleitoral

Pablo Roberto possui apoio do vereador Pedro Américo, Jurandyr Carvalho, Gerusa Sampaio, Correia Zezito, Marcos Lima, entre outros.

14/05/2022 06h18
Pré-candidato, Pablo acredita em potencial de grupo político no pleito eleitoral

O pré-candidato a deputado estadual, Pablo Roberto, filiado ao PSDB, já possui histórico político de vereador, secretário de Prevenção à Violência, de Desenvolvimento Social e Agricultura, sendo aproximadamente 25 anos de serviços públicos prestados à Feira de Santana.

Segundo o pré-candidato, a decisão de tentar ascender a Assembleia Legislativa veio de forma coletiva, através de um grupo político que já estava construindo a possibilidade de disputar uma vaga na assembleia legislativa.

O pré-candidato faz parte dos grupos políticos liderados pelo ex-prefeitos Zé Ronaldo, e pelo atual prefeito Colbert Martins Filho. Dentro do grupo, ainda existem outros candidatos que disputam a vaga, porém, segundo Pablo Roberto, mesmo tendo outros candidatos também recebendo apoio, a relação entre os membros está tranquila.

Pablo Roberto possui apoio do vereador Pedro Américo, Jurandyr Carvalho, Gerusa Sampaio, Correia Zezito, Marcos Lima, entre outros.

“Minha preocupação central é continuar conversando com as pessoas, discutindo projetos, apresentando nossa biografia e tudo que desenvolvemos ao longo dos anos”, explica.

Roberto enxerga que o cenário político atual é otimista para ACM Neto. “Se esse ritmo continuar, as eleições serão definidas ainda no primeiro turno com vitória para ACM Neto”, diz ele, enfatizando o bom andamento das campanhas eleitorais. O político também cita Zé Ronaldo como bom candidato para vice-governador.

Falando especificamente sobre Feira de Santana, a relação entre câmara municipal e poder executivo, segundo o deputado, tem caminhado para sua normalidade. “A democracia é isso. O poder legislativo tem o papel de defender aquilo que está pautado na constituição, as atribuições do Executivo também são definidas de forma muito clara.”

O político revela que na sua carreira como vereador já fez parte de um grupo de oposição, mas apresentou uma proposta respeitosa e coerente aos interesses da cidade. “Todo vereador quando vai a rua pedir um voto, ele se compromete a fazer um mandato voltado a população. Eu acredito no espírito de cada uma daquelas 21 pessoas que fazem parte da atual legislatura. Claro que em um momento ou outro há exaltações, mas o objetivo é sempre fazer uma gestão a altura do povo da nossa cidade”.

Conhecido pelas suas habilidades de interlocução e conciliador de conflitos. “Sempre preguei o diálogo, e a harmonia. Tenho espírito público e acho que o diálogo deve prevalecer sempre”.

Comentários

Leia também

Política
STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

Prazo dado por Zanin foi para a efetivação de acordo entre governo e Congresso sobre...
Política
“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

“O PT promete muito, mas não entrega o prometido”, diz João Roma

Roma mencionou a falta de cumprimento das promessas feitas durante as campanhas eleitorais....
Política
CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

CCJ da Câmara adia votação de PEC que criminaliza qualquer quantidade de drogas

Governistas obstruíram e conseguiram segurar a votação na comissão. Análise deve ficar...