Política

Pré-candidata Raissa Soares tem perspectiva de crescimento sobre as pesquisas eleitorais

Mesmo com a polarização das eleições presidenciais entre o atual presidente Jair Bolsonaro, e o ex-presidente Lula, a Dra. Raissa Soares não enxerga como algo que será influente nas decisões do estado baiano.

14/06/2022 07h00
Pré-candidata Raissa Soares tem perspectiva de crescimento sobre as pesquisas eleitorais
Foto: Divulgação/Porto Seguro

Pré-candidata ao senado e ex-secretária da saúde, Dra. Raissa Soares, já aparece na segunda colocação em algumas pesquisas, atrás apenas do atual senador Otto Alencar. Em entrevista para o De Olho na Cidade, apresentado por Jorge Biancchi na rádio Sociedade News Fm (102.1), Soares se mostrou positiva perante seus resultados

“Eu  não avalio as pesquisas, eu recebo as avaliações de quem conhece o setor. Então as pessoas que fazem essas análises, dizem que para mim, que não tem dinheiro, não tem recurso, não estou com a máquina na mão, que não tenho emenda parlamentar, porque não tenho mandado, e nem histórico político, estou indo muito bem para quem está no inicio”, relatou.

Segundo ela, os analistas informam que o senador Otto Alencar já está com muitos anos de política, mas possui rejeição alta. Ao contrário dela, que possui uma rejeição baixa e uma perspectiva de crescimento alta. 

Mesmo com a polarização das eleições presidenciais entre o atual presidente Jair Bolsonaro, e o ex-presidente Lula, a Dra. Raissa Soares não enxerga como algo que será influente nas decisões do estado baiano, pois sua chapa, que é a do pré-candidato a governador, João Roma, tem sido bem recebida.

“Quanto mais levamos informações para as pessoas,mais elas entendem o que estamos vivendo”, pontua. Segundo Soares, os grande veículos de comunicação não levam aos brasileiros informações completas sobre as conquistas do governo Bolsonaro.

“O governo de estado, que é de oposição liderado pelo PT, toma para si aquilo que é benéfico do governo federal. A exemplo das enchentes que com tantos recursos, insumo, cesta básica, enviados pelo governo federal, não foram notificados a população ”.

Em sua pré-campanha, a Dra. Raissa Soares está percorrendo o estado baiano para fazer levantamento de demandas, discutir ideias com o público, e divulgar os feitos do governo Bolsonaro. “Quando a gente passa nas cidades e leva informações verdadeiras para as pessoas, com fatos concretos, todo mundo vai entendendo que existe uma propaganda abusiva do governo atual. Esse governo que reina na Bahia gasta 1 bilhão com propagandas de coisas que eles não fazem”.

Comentários

Leia também

Política
Tabata Amaral é nomeada para equipe de transição de Lula

Tabata Amaral é nomeada para equipe de transição de Lula

Nomeação da parlamentar para a equipe foi publicada no Diário Oficial da União de terça...
Política
Comissão aprova texto preliminar do Orçamento de 2023

Comissão aprova texto preliminar do Orçamento de 2023

Projeções de receitas e despesas totalizam R$ 5,2 trilhões
Política
PT, PV, PCdoB e PSB oficializam apoio à reeleição de Arthur Lira como presidente da Câmara

PT, PV, PCdoB e PSB oficializam apoio à reeleição de Arthur Lira como presidente da Câmara

A eleição para presidência da Casa será no início de fevereiro