Política

PoderData: Vantagem de Lula sobre Bolsonaro cai para 12 pontos no 2º turno

Petista aparece com 50% das intenções de voto, contra 38% do atual chefe do Executivo

06/07/2022 12h20
PoderData: Vantagem de Lula sobre Bolsonaro cai para 12 pontos no 2º turno
Foto: Divulgação

A Pesquisa PoderData para as eleições presidenciais de 2022, divulgada nesta quarta-feira (6), traz, no segundo turno, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente, com 50% das intenções de voto, contra 38% do atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL).

A vantagem, no entanto, diminuiu cinco pontos percentuais desde o levantamento divulgado no fim do último mês de junho. A menor diferença entre ambos foi de nove pontos percentuais, nas pesquisas realizadas entre 10 e 12 de abril e em 24 e 26 de abril de 2022.

O petista também possui uma ampla vantagem para o principal adversário no primeiro turno. Em uma simulação com todos os candidatos, Lula tem 44% e Bolsonaro, 36%.

Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro, com 5%. André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB) empatam, com 3% cada um. Brancos e nulos são 5% e os que disseram não saber responder somam 4%.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 3 a 5 de julho de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.000 entrevistas em 317 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-06550/2022.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Política
Durante viagem ao Egito, Lula deve discutir guerra entre Israel e Hamas e assinar acordo na área de bioenergia, diz Itamaraty

Durante viagem ao Egito, Lula deve discutir guerra entre Israel e Hamas e assinar acordo na área de bioenergia, diz Itamaraty

Presidente embarcou nesta terça-feira (13) em direção ao Cairo, capital do Egito
Política
Alvo da PF, Bolsonaro só deve ser convocado para prestar depoimento no segundo semestre

Alvo da PF, Bolsonaro só deve ser convocado para prestar depoimento no segundo semestre

Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, deve depor até março
Política
Coronel alvo de operação da PF que investiga tentativa de golpe de estado é preso após desembarcar no Brasil

Coronel alvo de operação da PF que investiga tentativa de golpe de estado é preso após desembarcar no Brasil

O militar passou pela audiência de custódia e teve a sua prisão mantida