Política

PF descobre que segurança de Lula participava de grupo golpista no Whatsapp 

As informações são do G1

25/08/2023 17h24
PF descobre que segurança de Lula participava de grupo golpista no Whatsapp 

Com a apreensão do celular de Mauro Cid, a Polícia Federal descobriu que o tenente coronel André Luis Cruz Correia, um dos seguranças do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), participava de grupo de militares que defendiam um golpe de estado. As informações são do blog da jornalista Andréia Sadi no G1.

Ainda de acordo com a publicação, o tenente estava no mesmo grupo que o ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro. Correia é subordinado do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e já participou inclusive de viagens ao exterior com Lula, como foi o caso da ida à Bélgica. Integrantes do GSI apontam que antes do general ser julgado é preciso saber se ele interagiu ou participou ativamente das conversas.

O ministro do órgão, general Marcos Antonio Amaro, disse ao G1 que Correia foi demitido e saiu da segurança presidencial. Ele afirmou desconhecer a existência do relatório que indica a presença do ex-segurança em grupo golpista.

*Metro1
Foto: Ricardo Stuckert/PR

Comentários

Leia também

Política
Em Serra Preta, empresário não descarta disputar prefeitura

Em Serra Preta, empresário não descarta disputar prefeitura

Ele colocou seu nome à disposição da população
Política
Deputado Leandro de Jesus analisa decisões estratégicas do PL para eleições municipais na Bahia

Deputado Leandro de Jesus analisa decisões estratégicas do PL para eleições municipais na Bahia

Leandro ressaltou a importância da participação do PL no processo eleitoral, especialmente...
Política
Defesa de Bolsonaro entra com ação no STF para anular investigação sobre joias

Defesa de Bolsonaro entra com ação no STF para anular investigação sobre joias

A defesa do ex-presidente considera que a forma como a apuração foi instaurada pelo ministro...