Economia

Petrobras decide reiniciar processo de venda de três refinarias

Na última tentativa de venda, não houve interessado pelas três refinarias que foram colocadas novamente para a venda

28/06/2022 07h32
Petrobras decide reiniciar processo de venda de três refinarias
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Petrobras informou na segunda-feira (27) que vai reiniciar os processos de venda de três refinarias: Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco; Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná; e Alberto Pasqualini (Refap), no Rio Grande do Sul.

Na última tentativa de venda, não houve interessado pelas três refinarias que foram colocadas novamente para a venda. O plano de desinvestimento da companhia representa, aproximadamente, 50% da capacidade de refino nacional, totalizando 1,1 milhão de barris por dia de petróleo processado, considerando a venda integral de oito refinarias.

Além da venda dessas refinarias, o plano de desinvestimento em refino da Petrobras inclui:

– Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), no Paraná;
– Refinaria Landulpho Alves (Rlam), na Bahia;
– Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais;
– Refinaria Isaac Sabbá (Reman), no Amazonas e;
– Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), no Ceará.

De acordo com a Petrobras, a venda da Rlam foi concluída em novembro do ano passado. As refinarias Reman, Lubnor e SIX já tiveram seus contratos de compra e venda celebrados. Já a Regap ainda está na fase vinculante.

Comentários

Leia também

Economia
Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Nova prorrogação foi aprovada pelo Congresso
Economia
Prazo para renegociar dívidas do Desenrola Brasil termina nesta segunda-feira

Prazo para renegociar dívidas do Desenrola Brasil termina nesta segunda-feira

Etapa inclui dívidas vencidas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022
Economia
Taxa de desemprego fica em 7,9%; índice é o menor em 10 anos

Taxa de desemprego fica em 7,9%; índice é o menor em 10 anos

Desocupação trimestral recua em 21 estados e no Distrito Federal