Economia

Pessoas endividadas podem limpar o nome a partir desta terça-feira (1)

A partir desta terça-feira (1º) até o dia 30, ocorre o segundo mutirão nacional de negociação de dívidas

01/11/2022 10h30
Pessoas endividadas podem limpar o nome a partir desta terça-feira (1)
Foto: Divulgação/Agência Brasil

Pessoas com dívidas terão o mês de novembro todo para limpar o nome. A partir desta terça-feira  (1º) até o dia 30, ocorre o segundo mutirão nacional de negociação de dívidas e orientação financeira deste ano. 

Ação, realizada em conjunto com o Banco Central (BC), é da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e dos Procons de todo o país, o mutirão oferece oportunidade de renegociação de dívidas com desconto e parcelamentos que caibam no bolso.

Podem fazer parte do processo, pessoas físicas com débitos em atraso com bancos e demais tipos de instituições financeiras, desde que a dívida não esteja atrelada a bens dados em garantia. As negociações podem ser pedidas por meio da plataforma Consumidor.gov.br  ou pelos canais diretos das instituições participantes, disponíveis na página do mutirão.

No site do mutirão, o interessado também terá acesso ao link do Registrato, sistema do Banco Central que informa todos os relacionamentos do cidadão com o sistema financeiro. A página permite a consultas sobre informações de dívidas com bancos e órgãos públicos, cheques devolvidos, contas, chaves Pix e operações de câmbio. A página da ação conjunta também dará acesso à plataforma de educação financeira Meu Bolso em Dia, da Febraban.

*Agência Brasil

Comentários

Leia também

Economia
Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Nova prorrogação foi aprovada pelo Congresso
Economia
Prazo para renegociar dívidas do Desenrola Brasil termina nesta segunda-feira

Prazo para renegociar dívidas do Desenrola Brasil termina nesta segunda-feira

Etapa inclui dívidas vencidas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022
Economia
Taxa de desemprego fica em 7,9%; índice é o menor em 10 anos

Taxa de desemprego fica em 7,9%; índice é o menor em 10 anos

Desocupação trimestral recua em 21 estados e no Distrito Federal