Política

Pesquisa BTG/FSB: Lula segue na liderança, mas Bolsonaro diminui diferença

A diferença que era de nove pontos, caiu para sete pontos percentuais

29/08/2022 09h30
Pesquisa BTG/FSB: Lula segue na liderança, mas Bolsonaro diminui diferença

O candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, continua liderando as intenções de voto, mas diminui a distância para o segundo colocado Jair Bolsonaro (PL), é o que mostra a mais recente rodada da pesquisa divulgada pela FSB e BTG Pactual nesta segunda-feira (29).

No último levantamento, no dia 22 de agosto, Lula apresentava 45% da preferência do eleitorado e agora aparece com 43%. Já Bolsonaro se manteve com 36%. A diferença que era de nove pontos, caiu para sete pontos percentuais. O cenário é estimulado, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores.

Na terceira colocação aparece Ciro Gomes (PDT), com 9% e em seguida Simone Tebet (MDB), com 4%. Verá Lúcia (PSTU) e Pablo Marçal (PROS) estão empatados com 1%. Felipe D’Ávila (NOVO), Soraya Thronicke (União), Eymael (DC), Sofia Manzano (PCB), Léo Péricles (UP) e Roberto Jefferson (PTB) não pontuaram. Os indecisos são 3% e aqueles que não votam apresentam-se com 4%.

A pesquisa foi feita por telefone entre os dias 26 e 28 de agosto de 2022, com 2 mil pessoas. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. E está registrada no TSE com o código BR-08934/2022.

Comentários

Leia também

Política
Defesa de Bolsonaro entra com ação no STF para anular investigação sobre joias

Defesa de Bolsonaro entra com ação no STF para anular investigação sobre joias

A defesa do ex-presidente considera que a forma como a apuração foi instaurada pelo ministro...
Política
Moraes nega pedido de Bolsonaro para adiar depoimento à PF

Moraes nega pedido de Bolsonaro para adiar depoimento à PF

Segundo o ministro do STF, não compete ao investigado 'escolher a data e horário de seu...
Política
Israel declara Lula persona non grata, após ele comparar situação de Gaza ao holocausto

Israel declara Lula persona non grata, após ele comparar situação de Gaza ao holocausto

Ministro de Relações Exteriores classificou fala de Lula como ‘grave ataque antissemita’ ...