Educação

Pesquisa aponta que crianças vulneráveis aprenderam apenas 48% do esperado na pandemia

Entre as crianças cujas famílias apresentavam perfil socioeconômico mais alto, o aprendizado foi de 75% do esperado

16/09/2022 17h15
Pesquisa aponta que crianças vulneráveis aprenderam apenas 48% do esperado na pandemia
Foto: Divulgação/MVTIC

As medidas de isolamento adotadas durante o período mais crítico da pandemia afetou o aprendizado dos alunos no ensino básico.
Uma pesquisa conduzida por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Durham University, na Inglaterra, apontou que as crianças mais vulneráveis foram as mais afetadas, aprendendo apenas 48% do que seria esperado em aulas presenciais.

“Olha o que acontece quando a gente tira das crianças a possiblidade de frequentar presencialmente a etapa da educação infantil e como esse efeito é muito maior para quem é mais vulnerável”, comentou a pesquisadora da UFRJ Mariane Campelo Koslinski, uma das autoras do estudo.

Publicada na revista “Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação”, a pesquisa revelou ainda que entre as crianças cujas famílias apresentavam perfil socioeconômico mais alto, as perdas de aprendizagem foram menores. Em média, elas aprenderam 75% do esperado. Os números mostram uma diferença média de três meses de aprendizado entre as crianças de maior e menor nível socioeconômico.

*Metro1

Comentários

Leia também

Educação
Centro de Educação Monteiro Lobato será reconstruído

Centro de Educação Monteiro Lobato será reconstruído

Prefeito Colbert Filho autorizou início das obras
Educação
Conselho Municipal de Educação comemora 31 anos

Conselho Municipal de Educação comemora 31 anos

Unidade exerce papel de articuladores e mediadores das demandas educacionais
Educação
Partiu Estágio convoca universitários para entregar documentação

Partiu Estágio convoca universitários para entregar documentação

São 3.201 estudantes que precisam levar documentos exigidos até quarta-feira (5) ao órgão...