Mundo

ONU quer inquérito sobre possíveis crimes de guerra russos na Ucrânia

O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução, hoje (12), em Genebra, para iniciar uma investigação sobre possíveis crimes de guerra pelas tropas russas na área de Kiev e em outras regiões, um movimento que a Rússia disse ser um acerto de contas político. Os membros do conselho aprovaram […]

13/05/2022 10h19
ONU quer inquérito sobre possíveis crimes de guerra russos na Ucrânia
A wide view of the Security Council meeting on the situation in Bosnia and Herzegovina.

O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução, hoje (12), em Genebra, para iniciar uma investigação sobre possíveis crimes de guerra pelas tropas russas na área de Kiev e em outras regiões, um movimento que a Rússia disse ser um acerto de contas político.

Os membros do conselho aprovaram – por maioria esmagadora (33 votos a favor e 2 contra) – uma resolução para ordenar uma Comissão de Inquérito para investigar eventos nas regiões ao redor de Kiev e em outras áreas, como Sumy, que foram temporariamente detidas pelas tropas russas.

“As áreas… que estiveram sob ocupação russa no final de fevereiro e março experimentaram as mais terríveis violações dos direitos humanos no continente europeu em décadas”, disse ao conselho a primeira vice-ministra das Relações Exteriores da Ucrânia, Emine Dzhaparova.

Estupro
Ao falar por vídeo, ela apresentou um desenho que, detalhou, foi feito por um menino de 11 anos que foi estuprado na frente de sua mãe. “Ele realmente perdeu a capacidade de falar depois e a única maneira de se comunicar é com linhas pretas”, disse. A agência de notícias Reuters não conseguiu verificar o relato de Dzhaparova sobre o que aconteceu com o menino. Um porta-voz da missão diplomática da Rússia não respondeu a um pedido de comentários sobre o relato.

Comentários

Leia também

Mundo
Conheça as novas regras para obter cidadania de Portugal e veja quem se enquadra nas categorias
Mundo
Homem é preso no Reino Unido após escrever ‘prenda-me se for capaz’ em post de procurado da polícia

Homem é preso no Reino Unido após escrever ‘prenda-me se for capaz’ em post de procurado da polícia

Jordan Carr era buscado pelas autoridades britânicas e desfiou os agentes em uma postagem...
Mundo
Elon Musk suspende temporariamente acordo de compra do Twitter

Elon Musk suspende temporariamente acordo de compra do Twitter

Ações da rede social tiveram uma queda de 17,7%