Bahia

OMS confirma registro de 92 casos de varíola de macaco em 12 países

Organização faz alerta para surgimento de novos casos em países não endêmicos

23/05/2022 07h42
OMS confirma registro de 92 casos de varíola de macaco em 12 países
Foto: Divulgação/OMS/Centro De Controle de Doenças da Nigéria/ND

A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou, neste domingo (22), que pelo menos 12 países já registraram casos de varíola de macaco. Segundo a organização, ao todo, já foram confirmados 92 casos da doença. Até o momento, há registros nos seguintes países: Austrália, Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Itália, Holanda, Portugal, Espanha, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos.

Segundo a OMS, não foram estabelecidas ligações entre os casos confirmados e as áreas onde a doença é endêmica. Os países endêmicos são: Benin, Camarões, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Gabão, Gana (identificada apenas em animais), Costa do Marfim, Libéria, Nigéria, Serra Leão e República do Congo. 

“Com base nas informações atualmente disponíveis, os casos foram identificados principalmente, mas não exclusivamente, entre homens que fazem sexo com homens”, alertou em nota.

A organização afirmou ainda que a situação “está evoluindo” e há a previsão de “que haverá mais casos de varíola de macaco identificados à medida que a vigilância se expande em países não endêmicos”.

De acordo com a OMS, “as evidências atuais disponíveis sugerem que aqueles que estão em maior risco são aqueles que tiveram contato físico próximo com alguém com varíola de macaco enquanto eram sintomáticos”.

Na Alemanha, o primeiro caso de varíola dos macacos foi registrado em um brasileiro de 26 anos. O jovem teria chegado na Alemanha após uma viagem com origem em Portugal, passando pela Espanha. Ele esteve também em Munique, no sul da Alemanha. O paciente teria apresentado erupções cutâneas, um dos sintomas característicos da doença. Ele está em isolamento em uma clínica na cidade.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Bahia
Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

CNM avalia impacto de R$ 250,6 bilhões se todas as pautas forem aprovadas
Bahia
TCU abre investigação sobre denúncia de assédios na Caixa Econômica Federal

TCU abre investigação sobre denúncia de assédios na Caixa Econômica Federal

Então presidente da instituição, Pedro Guimarães pediu exoneração do cargo após...