Feira de Santana

Odontóloga conta como venceu desafios da profissão: “a busca pela excelência desenvolveu meu lado empreendedor”

“Trouxemos várias tecnologias para Feira de Santana, que não tem na Bahia, a exemplo de um laser que estamos trazendo”

20/03/2023 17h51
Odontóloga conta como venceu desafios da profissão: “a busca pela excelência desenvolveu meu lado empreendedor”

Formada pela Universidade Estadual de Feira de Santana, há 24 anos, a odontóloga Camila Freitas participou do programa Jornal do Meio Dia (Princesa FM), nesta sexta-feira (10), onde contou um pouco da sua história como empreendedora.

“Eu tenho uma história que não é diferente da história de outras mulheres. Tudo o que tenho hoje é fruto dos meus estudos. Me formei aqui em Feira e voltei pra ensinar na mesma universidade. Sou muito feliz com isso porque pude contribuir durante um período. Até hoje encontro colegas e ex-alunos, e isso é gratificante.”, disse.

Camila revelou que nunca imaginou que se tornaria empreendedora.

“Odontologia eu faço com amor e da melhor forma possível. Exerço meu propósito com qualidade e excelência, mas nunca imaginei que me tornaria empreendedora. Acho que foi essa busca pelo melhor. Eu participei de um congresso há uns dez anos, e lá ouvi o palestrante dizer que metade da sala, em cinco anos, teria um scanner intraoral, que era coisa de outro mundo, compatível com o preço de um pequeno apartamento. Eu desci pra o stand de compras e fiquei por ali, tipo assim, eu quero ser uma das primeiras a ter. Ali foi o meu divisor de águas para começar a empreender. Eu trouxe essa tecnologia. É revolucionária. Não tem ninguém que trabalhe com ele. O paciente chega ao consultório, a gente escaneia um dente 3D, e ele sai na mesma sessão com o problema resolvido, sem precisar de provisório e sem precisar moldar. A busca pela excelência, desenvolveu meu lado empreendedor”, relatou.

A profissional explicou qual o significado da pós-graduação nos EUA.

“Sempre fui muito estudiosa. Por conta disso, tive muitos artigos publicados, mais de quarenta, e isso ativou meu lado acadêmico e professor. Quando terminei a graduação, continuei como pesquisadora e logo surgiu a possibilidade de ensinar na universidade através de um concurso. Só que paralelo a isso meu consultório estava forte, não dava mais pra dar aula. Graças a Deus eu recebi alguns convites para dar aulas em cursos de pós, e hoje eu faço isso em São Paulo e Goiânia. Sempre tive uma boa gama de pacientes, mas chegou em um momento que me faltou qualidade de vida. E eu resolvi isso. Ampliei a clínica, formei equipes, porque sabia que sozinha não poderia mais”.

TECNOLOGIAS

“Trouxemos várias tecnologias pra Feira de Santana, que não tem na Bahia, a exemplo de um laser que estamos trazendo, e vai ser muito legal os resultados. Quando a gente trabalha com o que gosta, quer sempre a excelência”.
Para Camila, o mais importante na área é melhorar as experiências do paciente nos atendimentos.

“Hoje a odontologia está evoluindo muito. Mas acho que o mais importante é melhorar a experiência do paciente durante o atendimento. Odonto tem que ser encarado como uma coisa muito legal.

DESAFIOS

“Não abri mão dos meus filhos nem da minha família, abri mão de mim. Nestes últimos 3 anos, aumentei 16 quilos, que eliminei da minha vida. Eliminei 12. Só que descobri que precisava estar bem pra cuidar dos outros. A gente não pode abrir mão da gente”.

O consultório da Dra. Camila Freitas fica no Edifício Multiplace- Shopping Boulevard, sala 1404.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Cerca de 100 presos seriam impactados em Feira de Santana com o fim da ‘saidinha temporária’

Cerca de 100 presos seriam impactados em Feira de Santana com o fim da ‘saidinha temporária’

De acordo com Nilson Ribeiro, cerca de 5% dos presos do Conjunto Penal de Feira de Santana...
Feira de Santana
Prefeitura de Feira pede apoio ao Ministério da Cidadania para ajudar famílias atingidas pelas fortes chuvas

Prefeitura de Feira pede apoio ao Ministério da Cidadania para ajudar famílias atingidas pelas fortes chuvas

Há pelo menos mais 200 famílias precisando de amparo do poder público
Feira de Santana
Vereador alerta sobre dificuldades enfrentadas pela APAE de Feira de Santana

Vereador alerta sobre dificuldades enfrentadas pela APAE de Feira de Santana

A situação se agrava ainda mais quando se trata da alimentação dos assistidos pela...