Programa De Olho na Cidade

12/10/2021 - 09:48

Entenda a importância da prática de atividade física para crianças

Saúde
Entenda a importância da prática de atividade física para crianças
Foto: Agência Brasil

Em qualquer nível social, as telas vêm dominando a preferência das crianças. No pátio da escola, dentro de casa, na rua, no parque, no transporte coletivo ou no carro, crianças e adolescentes estão permanentemente com os olhos abaixados e os dedos ocupados em celulares, tablets e joguinhos de toda sorte. Os especialistas alertam que, além de favorecer o sedentarismo, um fator de risco para diversas doenças na vida adulta, esse comportamento compromete o convívio social, levando ao isolamento.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, 7,3% das crianças brasileiras com menos de 5 anos estão acima do peso. “Essa prevalência de obesidade infantil é decorrente de mudanças de fatores que precisamos trazer de volta, como os bons e velhos hábitos de atividades físicas, desde a fase de criança até as atividades de acordo com cada faixa etária.” Destaca o professor de educação física Marcílio Vieira.

Para as crianças, os benefícios de manter uma vida ativa incluem o auxílio na manutenção do peso ideal, mais qualidade do sono, melhora no desenvolvimento motor, nas funções cognitivas e no aprendizado, fortalecimento da integração e das habilidades psicológicas e sociais, além da contribuição para o crescimento saudável de músculos e ossos.

“As questões da prática de exercícios físicos pelas crianças estarão de acordo com cada individuo, mas geralmente se não tiver nenhuma comorbidade ou restrição estabelecida pelo pediatra, a criança já tem na fase inicial de 3 a 6 anos um trabalho que envolve todos os grupamentos musculares e com a continuação disso a gente tem uma pirâmide que é estabelecida pela Organização Mundial da Saúde. Nessa pirâmide a gente sempre coloca na base dela a prática de atividades físicas moderadas, como caminhar, brincar, fazer atividades aeróbicas e um dado muito importante é que crianças com uma estruturação óssea já avançada devem estar praticando, no mínimo, três vezes por semana, trabalhos que exigem força, porque o mal que acomete essa atual geração é justamente a adequação de postura alinhada ao controle do peso corporal, melhora das taxas glicêmicas e tudo isso incluindo o misto de atividade aeróbica com treinamento de força, mas sempre pensando também na parte lúdica.” Explica.

Correr, pular, girar e dançar são movimentos que fazem parte das brincadeiras das crianças. Embora esses movimentos já contem como um tipo de exercício é importante que os pequenos mantenham a prática regular de alguma modalidade.

“Hoje a Organização Mundial da Saúde nos traz que acumular pelo menos 30 minutos de atividades diárias de moderada intensidade já é suficiente para crianças e adolescentes manterem o seu nível de saúde.” Afirma.

Comentários

Leia também