Programa De Olho na Cidade

15/09/2021 - 13:15

Secretário de Saúde rebate denúncia feita por Fernando Torres

Feira de Santana
Secretário de Saúde rebate denúncia feita por Fernando Torres
Foto: Rafael Marques

Durante seu discurso na manhã dessa quarta-feira (15), o presidente da Câmara Fernando Torres fez uma denúncia contra a empresa GSM do Secretário de Saúde, Marcelo Brito. Segundo ele houve desvio de dinheiro em uma prestação de serviços realizada na UPA da Queimadinha.

“Quero fazer uma denúncia gravíssima sobre a área de saúde. Ainda existe desvio de dinheiro nesta área. O secretário Marcelo Brito tem uma empresa chamada GSM, a qual prestou serviços à UPA da Queimadinha, logo naquele bairro onde o povo fica nas filas chorando, clamando por atendimento. Lá falta médicos, medicamentos e, por isso, não justifica tais serviços. Essa empresa tem um capital social de R$3 mil e prestou serviços de R$400 mil durante dois meses”, disse.

Em entrevista ao portal De Olho na Cidade o Secretário disse que as denúncias não passam de politicagem.

“O que eu posso dizer é que isso é política, as pessoas estão fazendo denúncias quando bastaria de forma muito simples pegar a nota fiscal  com a prestação do serviço feito e verificar a data quando fui nomeado, então vocês vão perceber que tem muito tempo entre um e outro, o que significa que quando o serviço foi prestado eu não era secretário. Claro que quando aceitei o desafio do prefeito colbert de assumir a secretária de saúde eu tive que interromper essas outras atividades, mas no momento em que o serviço foi prestado eu não era secretário de saúde e, portanto tinha absoluta autonomia e liberdade para assumir esse trabalho, assim como no dia que eu deixar a secretária voltarei a fazer todos esses trabalhos.” Relatou.

Segundo informações coletadas pelo nosso portal uma comissão de vereadores irá hoje ao ministério público realizar uma denúncia.

“Eles podem ficar a vontade, é direito do vereador, não só dos vereadores, mas gostaria de lembrar que qualquer um  da população pode se dirigir ao Ministério público para fazer  a denuncia que quiser.” Pontuou.

Comentários

Leia também