Programa De Olho na Cidade

31/05/2021 - 17:38

Oncologista explica malefícios do tabaco

Saúde
Oncologista explica malefícios do tabaco
Foto: Yuriko Nakao
Rafael Marques 
 
O Dia Mundial do Tabaco, celebrado hoje (31), tem a missão de alertar as pessoas sobre os malefícios do cigarro. O tabagismo contribui para o desenvolvimento de diversos tipos câncer: leucemia mielóide aguda; câncer de bexiga; câncer de pâncreas; câncer de fígado; câncer do colo do útero; câncer de esôfago; câncer de rim e ureter; câncer de laringe (cordas vocais); câncer na cavidade oral (boca); câncer de faringe (pescoço); câncer de estômago; câncer de cólon e reto; e câncer de traquéia, brônquios. 
 
A Médica Oncologista Hyrlana Leal, em entrevista ao programa De Olho na Cidade nesta segunda-feira, explicou quais os principais problemas que o tabaco causa ao corpo humano. 
 
"Diversas alterações. Além da nicotina e outras substâncias causadoras de câncer, irá acarretar várias disfunções. Mas a partir do momento que o cidadão cessa o tabagismo, diminui o risco de eventos cardiovasculares, AVC, morte súbita e o risco de câncer. Independente da idade, deixar de fumar é muito importante. O grande problema do cigarro é a nicotina que induz rapidamente a dependência. O ideal é que as pessoas evitassem experimentar. Mais de 90% das pessoas que fumam, são dependentes da nicotina”, afirmou. 
 
Outro cigaro que causa problemas à saúde, é o eletrônico. Ao contrário do que muitos pensam os famosos 'e-cigaretes', dispositivos com o formato de um cigarro convencional, não precisam arder para liberar a droga, porque tem um depósito onde é colocado um líquido concentrado de nicotina, que é aquecido e inalado pela pessoa. Esse líquido possui ainda um produto solvente e um químico de sabor. (Fonte: Sua Saúde)
 
“Lesões nas vias aéreas superiores e inferiores, principalmente por causa do calor excessivo provocada pela fumaça. Faz tão mal como o cigarro comum”, disse a Doutora Hyrlana Leal. 

Comentários

Leia também