Programa De Olho na Cidade

21/05/2021 - 17:31

Especialista em reprodução humana fala sobre gravidez psicológica

Dia das Mães
Especialista em reprodução humana fala sobre gravidez psicológica
Foto: Rafael Marques
Rafael Marques 
 
Conhecida como gravidez psicológica ou gravidez fantasma, a pseudocysesis é quando a mulher acredita estar esperando um filho, mas de fato não está. Ela apresenta todos os sintomas da gestação, como seios inchados, náusea, cansaço e aumento da barriga. O desejo imenso de engravidar é a principal razão da gravidez psicológica, segundo a teoria mais comum.
 
Em entrevista ao programa De Olho na Cidade, o doutor Marcelo Esteves, especialista em reprodução humana explicou que são raros os casos de gravidez psicológica. 
 
“As taxas são tidas como 0,5%. É uma mulher que quer muito engravidar, não consegue e termina imaginando estar grávida. A barriga cresce, mas é raríssimo. A mulher fértil vai ter em torno de 27% por ciclo para engravidar. A partir dos 40 anos a fecundidade é ladeira abaixo, ela terá uma chance muito menor”. 
 
Dr. Marcelo orienta as mulheres que já passaram dos 40 anos a fazer reprodução assistida, conjunto de técnicas médicas, como a inseminação artificial e a fertilização in vitro que possibilitam a reprodução humana, ele revelou que o estresse prejudica os hormônios. 
 
“Temos técnicas de reprodução para as mulheres que já passaram dos 40. Inclusive o estresse é responsável por um monte de coisas, ele pode prejudicar a desregulação nos eixos. O ideal para a mulher que quer engravidar é fazer exercícios físicos, comer bem, não fumar e nem consumir drogas, beber moderadamente, dormir bem, amar, ter o coração livre sem rancor, sem ódio e claro se manter no peso atual”, afirmou.

Comentários

Leia também