Programa De Olho na Cidade

12/01/2021 - 19:04

546 pessoas se curaram da covid nas últimas 24h em Feira. Mais 117 casos foram registrados nesta terça (12)

Coronavírus
546 pessoas se curaram da covid nas últimas 24h em Feira. Mais 117 casos foram registrados nesta terça (12)
Nas últimas 24h, Feira de Santana registrou mais 546 pacientes recuperados da Covid-19 e atingiu a marca de 19.607 pessoas livres da doença desde o início da epidemia, índice que representa 90% dos casos confirmados. Enquanto isso, 353 exames foram negativos e 117 positivos. 
 
O boletim epidemiológico contabiliza ainda 67 pacientes internados no município e 1.724 casos ativos, ou seja, pessoas que ainda estão com a doença. O informativo também confirma mais três mortes. A informação é da Vigilância Epidemiológica através da Secretaria de Saúde nesta terça-feira (12).
 
NÚMEROS DESTA TERÇA-FEIRA 
12 de janeiro de 2021
 
Casos confirmados no dia: 117
Pacientes recuperados no dia: 546
Resultados negativos no dia: 353
Óbitos comunicados no dia: 3
Datas dos óbitos: 31/12, 04/01 e 05/01
Total de pacientes hospitalizados no município: 67
 
A Secretaria de Saúde ressalta que a inclusão no boletim dos registros de óbito por Covid-19 é feita quando a declaração de óbito, ficha de notificação e resultado do exame positivo para a doença chegam à Vigilância Epidemiológica.
 
NÚMEROS TOTAIS
 
Total de pacientes ativos: 1.724
Total de casos confirmados no município: 21.712 (Período de 06 de março a 12 de janeiro de 2021)
Total de pacientes em isolamento domiciliar: 1.657
Total de recuperados no município: 19.607
Total de exames negativos: 29.821 (Período de 06 de março a 12 de janeiro de 2021)
Aguardando resultado do exame: 808
Total de óbitos: 381
 
INFORMAÇÕES TESTES RÁPIDOS
 
Total de testes rápidos realizados: 20.434 (Período de 06 de março a 12 de janeiro de 2021)
Resultado positivo: 3.662 (Período de 06 de março a 12 de janeiro de 2021)
Em isolamento domiciliar: 10
Resultado negativo: 16.772 (Período de 06 de março a 12 de janeiro de 2021)
 
O teste rápido isoladamente não confirma nem exclui completamente o diagnóstico para covid-19, devendo ser usado como um teste para auxílio diagnóstico, conforme a nota técnica COE Saúde Nº 54 de 08 de abril de 2020 (atualizada em 04/06/20).

Comentários

Leia também