Programa De Olho na Cidade

07/11/2020 - 07:46

Pandemia afasta homens dos consultórios e pode aumentar casos de tumores avançados

Saúde
Pandemia afasta homens dos consultórios e pode aumentar casos de tumores avançados
A pandemia da Covid-19 acentuou um problema já antigo. Os homens, que normalmente já procuram pouco os serviços de saúde, passaram a procurar ainda menos os consultórios médicos durante a quarentena. Entre efeitos disso está a possibilidade de crescimento dos casos mais graves de câncer.
 
 
 
Dados de um levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) revelam que 55% dos homens acima de 40 anos deixaram de fazer alguma consulta ou tratamento médico em função da pandemia.
 
 
 
No mês de novembro, em que as atenções se voltam para a importância do diagnóstico do câncer de próstata, o urologista e diretor da SBU-BA, Jessé Oliveira, sinaliza que a preocupação dos especialistas com o diagnóstico precoce e acompanhamento da evolução de tumores de próstata se intensificou neste ano.
 
 
 
"A gente continua vendo a procura por exames de rotina em escala menor. As pessoas, principalmente no auge da pandemia e das medidas de restrição, lá em março e abril, tinham receio de buscar avaliação médica", explicou o urologista, ao acrescentar que a redução de atendimentos nos consultórios em que atende chegou a 60% nesses meses.
 
 
 
Atualmente os consultórios têm trabalhado com cerca de 30% de redução. Diante da queda, a campanha "Novembro Azul" ganha ainda mais importância neste ano, reforça médico.
 

Comentários

Leia também