Programa De Olho na Cidade

24/10/2020 - 12:52

Câncer de mama hereditário representa cerca de 15% dos casos

Outubro Rosa
 Câncer de mama hereditário representa cerca de 15% dos casos
O câncer de mama hereditário representa apenas cerca de 15% dos casos gerais, aponta o médico oncologista Samuel Afonseca durante entrevista ao portal De Olho na Cidade. 
 
“Isso significa que são raras, em relação as demais causas, as possibilidades de uma pessoa já nascer com alterações genéticas, presentes nas células germinativas, que aumentam suas probabilidades de contrair essa doença. Mas ainda existem alguns casos, por circo algo em torno de 10% até 15% de já nascer com predisposição de ter um câncer. Contudo algo que pode ser estudado através de exames de mapeamento”, diz. 
 
 
O médico diz ainda que mutações genéticas herdadas dos pais e que causam câncer devem ser conhecidas e identificadas para acompanhamento e diagnóstico das famílias envolvidas, mas de fato representam uma minoria de casos. 
 
 
Ainda de acordo com o profissional, Geralmente ocorrem em pacientes jovens e apresentam-se de forma mais agressiva, ou ainda com manifestações incomuns quando comparados aos casos não-hereditários. Mas, principalmente, independem do estilo de vida dos indivíduos ou dos componentes ambientais pois representam uma assinatura genética pré-determinada”.
 
“Nos casos em que conhecemos o fator causal predominante podemos interferir na sua ocorrência e, desta forma, prevenir o câncer”, afirmou. 
 
O médico Samuel falou que através do rastreamento os indivíduos conseguem diagnosticar precocemente de acordo com as histórias familiares e desta forma podem ser tomadas algumas medidas de redução de risco, como a cirurgia preventiva em relação ao câncer de mama e ovário e mutação do gene BRCA (retirada cirúrgica das mamas - com reconstrução estética - e ovários), como fez a atriz americana Angelina Jolie. 
 
 
“Tanto a mãe como a avó da atriz tinham histórico de câncer e após o exame de rastreamento foi identificado uma possibilidade de 70% de desenvolver o câncer, com isso ela fez retirada da mama e do ovário”.

Comentários

Leia também